Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

CAMPOS GERAIS
MINAS GERAIS - MG

HISTÓRICO

Em 1827, Tomé Soares de Oliveira, Francisco Graciano Macedo, Simão Martins Ferreira e outros membros das famílias Soares e Martins, proprietários de duas Fazendas na região, iniciaram a fundação do povoado, denominado Carmo do Campo Grande.
A evolução da localidade ocorreu após a doação, pelas duas famílias, de 50 alqueires de terras, às margens do Córrego da Divisa, para formação do patrimônio da igreja, ali construída, em meados de 1832, dedicada a Nossa Senhora do Carmo, Padroeira da povoação. O lugar passou a ser chamado 'Divisa Vermelha', nome que o distinguia do Distrito de Divisa Nova.
Em 1860, José Silveira de Oliveira, descendente dos fundadores, com apoio do povo, construiu uma notável capela para a época, depois substituída, com a contribuição de Antônio Joaquim Pereira, pela atual Igreja do Rosário.
A agricultura e a pecuária contribuíram decisivamente para o desenvolvimento de Campos Gerais.

Gentílico: campos-geraiense.

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Antiga povoação de Carmo do Campo Grande. Vila criada com a denominação de Campos Gerais por Lei Estadual nº 319, de 16 de setembro de 1901. Desmembrada dos Municípios de Dores da Boa Esperança e Três Pontas ou somente deste último.
Instalada em 2 de janeiro de 1902. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o Município de Campos Gerais se compõe de 3 Distritos: Campos Gerais, criado por Lei Provincial nº 1655, de 14 de setembro de 1870 e por Lei Estadual nº 2, de 14 de setembro de 1891; Córrego do Ouro e Coqueiros.
Cidade por Lei Estadual nº 663, de 18 de setembro de 1915.
Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o Município de Campos Gerais permanece com 3 Distritos: Campos Gerais, Espírito Santo dos Coqueiros e Córrego do Ouro.
Por Lei Estadual nº 843, de 7 de setembro de 1923, o Município de Campos Gerais perdeu o Distrito de Coqueiros (ex-Espírito Santo dos Coqueiros), transferido para o Município de Dores da Boa Esperança, mas sem uma parte do território, que se incorporou ao Distrito de Campos Gerais; e o Distrito de Campos Gerais perdeu o território que constituiu o Distrito de Campo do Meio, no mesmo Município de Campos Gerais.
Por efeito da citada Lei 843, o Município de Campos Gerais ficou composto de 3 Distritos: Campos Gerais, Córrego do Ouro (antigo N.S. do Rosário do Córrego do Ouro) e Campo do Meio.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Campos Gerais, Córrego do Ouro e Campo do Meio.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-Lei Estadual nº 88, de 30 de março de 1938, o Município de Campos gerais é termo judiciário da Comarca de Três Pontas - e se compões de 3 Distritos: Campos Gerais, Campo do Meio e Córrego do Ouro.
No quadro fixado pelo Decreto-Lei Estadual nº 148, de 17 de dezembro de 1938 para 1939-1943, o Município de Campos Gerais é composto dos seguintes Distritos: Campos Gerais, Campo do Meio e Córrego do Ouro - e é termo único da Comarca de Campos Gerais.
Em virtude do Decreto-Lei Estadual nº 1058, de 31 de dezembro de 1943 que fixou o quadro territorial para vigorar no qüinqüênio 1944-1948, o Município de Campos Gerais figura exatamente como em 1939-1943, tanto na divisão administrativa como na divisão judiciária.
Aparece no quadro fixado pela Lei nº 336, de 27-XII-1948 composto dos Distritos de Campos Gerais e Córrego do Ouro menos o Distrito de Campo do Meio elevado à categoria de município por essa mesma Lei.
Permanece com os Distritos de Campos Gerais e Córrego do Ouro no quadro fixado pela Lei nº 1039, de 12-XII-1953 para vigorar em 1954-1958, Comarca de Campos Gerais.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.17.3