Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

CAPELA NOVA MINAS GERAIS
HISTÓRICO:
Os primitivos habitantes da micro-região dos Campos da Mantiqueira, onde situam-se as terras do município, foram os índios da tribo dos carijós, evadidos do litoral fluminense e já pacificados. Consta que os primeiros brancos a povoar a região teriam sido José Gomes de Oliveira e Vicente Lopes. No final do século XVIII, possivelmente,por volta 1795,os então moradores ergueram uma capela, situada atrás da Serra da Pedra Menina. Essa Capela foi dedicada a Nossa Senhora das Dores, sendo freguesia de Queluz (atual Conselheiro Lafaiete). Surge desse modo, o arraial de 'Capela Nova das Dores'.
O núcleo começou a se desenvolver em suas cercanias, sendo que José Gomes e Vicente Lopes vieram à região em busca de ouro e pedras preciosas, atividade que determinou o início da povoação. Depois, a agricultura foi introduzida, primeiro para subsistência e, mais tarde com finalidade econômica. Em 1856, o Bispo de Mariana, Dom Domingos da Encarnação Pontível, autorizou a criação da Paróquia de Nossa Senhora das Dores de Capela Nova, tendo como primeiro vigário o Padre Agostinho Cezar Andrade.
O topônimo, Capela Nova, originou-se da construçao da capelinha na localidade e, para distinguir das demais capelas da redondeza,recebia o nome de Capela Nova.

GENTÍLICO: CAPELANOVENSE

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA:

Distrito de Capela Nova, criado por Lei Provincial nº 767, de 02 de maio de 1856 e por Lei Estadual nº2, de 14 de setembro de 1891.
Capela Nova das Dores permaneceu como distrito de Conselheiro Lafaiete até 1923, quando passou a integrar o Município de Carandaí.
O decreto de 17 de dezembro de 1938 reduziu a denominação de 'Capela Nova das Dores' para 'Capela Nova'.
Em 12 de dezembro de 1953, pela lei Estadual nº 1039, foi elevado à categoria de Município, conservando o mesmo topônimo.
É subordinado judicialmente à Comarca de Carandaí.
O Município é constituído de apenas 1(um) Distrito: Capela Nova.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.33