Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

Imbé de Minas
Minas Gerais - MG

Histórico

A vila que se dava o nome de Patrimônio das Umbaúbas foi fundada por Manoel Joaquim Teodoro, Joaquim Valério, Luíz Carvalho Veríssimo, Augusto da Silva e outros. No início Luíz Carvalho Veríssimo, Augusto da Silva, entraram em uma localidade onde era a fazenda de Joaquim Camilo. E por ali construíram suas casas e financiaram as primeiras culturas de cereais.
Mas tudo mudou em 1889, quando Manoel Joaquim Teodoro entrou e abriu as densas matas, juntamente com seus companheiros, margearam e deram o nome de Córrego das Umbaúbas. Este nome foi dado por causa da quantidade de Umbaúbas que existia naquela localidade. Com o início do trabalho ergueu-se logo em seguida um cemitério.
Passados alguns anos, com o aumento da população, foi construída outra igreja por João da Cruz, Manoel Fernandes da Trindade e João Gonçalves Leite. No início, quando a instrução escolar começou, foram contratados professores particulares por Manoel Joaquim Teodoro, até que foi construído pelo mesmo, um bom prédio escolar pertencente ao Estado.
Em 1906, com o passar dos anos, o patrimônio das Umbaúbas foi medido e neste mesmo ano passou a ser chamado Santana de Imbé.
Sant'Ana era o nome da nova igreja que haviam construído, à antiga era dado o nome de capela N. Sª. das Graças.

Formação Administrativa

Em 1939, foi considerado o pequeno distrito, como Vila de Imbé. Com melhoramentos da eletricidade, grupo escolar, a casa dos Vincentinos, o novo cemitério, várias casas comerciais, farmácias e um hospital em construção.
A Vila foi emancipada em 21 de dezembro de 1995.

Fonte

Val, Lázaro Denizart do. Cronologia da Região do Caratinga. Caratinga, MG: Editora Gráfica Alvorada, 1972. p. 65.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.8.18.20