Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Estrada Rio - Bahia em Itamogi (MG) - 1952

História

Itamogi
Minas Gerais - MG

Histórico

Quando Minas Gerais começou a incentivar a lavoura cafeeira, a zona do Sudoeste Mineiro foi a primeira a receber a imigração, não só de colonos estrangeiros, mas de todos os lados do País.
De modo bem diferente de muitos outros municípios brasileiros nasceu Itamogi (antigo Arari).
Suas matas virgens foram desbravadas pelo vigoroso e audaz Antônio Gonçalves da Costa, vulgo ″Gronga″, rico proprietário de vasta extensão de terras nas imediações do município de São Sebastião do Paraíso.
Depois de se estabelecer nas imediações da área onde hoje se localiza o município de Gronga, com seus filhos Vicente e Bernardino, e grande número de escravos, abriram uma brecha na floresta, fizeram as primeiras construções e, em seguida, iniciaram a exploração das lavouras de café e cereais.
Seguiram outras famílias que ali se radicaram, das quais se destacam as seguintes: Silva, Vidigal, Cintra Morais, Furtado de Medeiros, Cardoso e Ferreira.
Outro grande elemento de real valor na localidade e que muito contribuiu para a criação da freguesia de Posses (primeiro nome de Itamogi) foi José Furtado de Medeiros. Vindo de São Joaquim de Serra Negra, logo se tornou querido e estimado por toda a vizinhança.
Em 1872, por iniciativa de José Furtado de Medeiros e João Pereira Silva, foi construído o patrimônio da localidade com cerca de 50 alqueires, e construída uma capela que teve por padroeiro São João.
O primeiro pároco do lugarejo que principiava a se desenvolver foi o padre João da Fonseca Neto, Natural de Urucuia, que ali chegou em 1880.
Mercê de Deus e dos homens do burgo, a marcha continuava progressiva, embora lenta , até 1882, ocasião em que, graças aos ingentes esforços dos habitantes, que já contavam com alguma influência do Governo da Província, o lugarejo foi elevado à categoria de freguesia, por ato de 22 de junho, cujas solenidades se efetuaram a 23 de setembro daquele mesmo ano. Com a criação do distrito, passou este a chamar-se Freguesia de Posses, incorporando-se ao município de São Sebastião do Paraíso, permanecendo nessas condições até 1911. A partir desta data passou à suserania de Monte Santo.
Por essa época o distrito já era relativamente populoso e contava até bairros de influência, e os habitantes, sempre interessados no caminhar da terra, conceberam a esperança viva de ver o distrito desembaraçado de qualquer jugo. Fazendeiros, comerciantes, enfim todos os que gozavam de algum prestígio eleitoral, uniram-se em torno dos chefes, José Furtado de Menezes e cel. Lucas Caetano Vasco, para tentarem a emancipação administrativa do distrito. A luta renhida que então se travou teve o seu término em 1924, no governo do Ex.º Sr. Dr. Raul Soares, com a elevação da então São João Batista das Posses à categoria de vila com o nome de Arari.
Aos 17 de junho de 1924, com júbilo geral de toda a população, foi instalada a Câmara Municipal, sendo seu primeiro presidente o cel. Lucas Caetano Vasco.
O topônimo Itamogi″ — rio das pedras — origina-se de um córrego que banha a cidade e é denominado Ribeirão das Pedras.

Formação Administrativa

Distrito criado coma denominação de Posses, pelo decreto nº 152, de 22-06-1890, e lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de São Sebastião do Paraíso.
Pelo decreto de 16-09-1901, o distrito de Posses foi transferido do município de São Sebastião do Paraíso para o de Monte Santo.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Posses, figura no município de Monte Santo.
Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o distrito se denomina São João Batista dos Posses.
Elevado à categoria de município com a denominação de Arari, pela lei estadual nº 843, de 07-09-1943, desmembrado de Monte Santo. Sede na antiga povoação de São João Batista dos Posses. Constituído do distrito sede. Instalado em 22-06-1924.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, o distrito de Arari passou a denominar-se Itamogi.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais
Posses para São João Batista dos Posses, alterado em 1-IX-1920,
São João Batista dos Posses para Arari, alterado pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923.

Transferência distrital
Pelo decreto de 16-09-1901, transfere o distrito de Posses do município de São João do Paraíso para Monte Santo.

Fonte

IBGE.Enciclopedia dos Municípios Brasileiros v. XXV
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.6.13