Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

Os primitivos habitantes foram índios botocudos, chefiados pelo cacique Joahima. Com a colonização, vieram os portugueses, sob o primeiro comando do Alferes Julião Fernandes Leão. Em 1892, chegou ao pequeno povoado Cypriano de Souza, acompanhado de numerosa família, vindo de Santa Rita (depois Medina); esse novo morador deu incremento à vida do lugar, iniciando amplas plantações e construindo, sob a orientação do Padre Emereciano Alves de Oliveira, a primeira Capela, onde, a 6 de agosto de 1900, foi celebrada a primeira festa do Senhor do Bonfim, padroeiro do lugar. Por essa época, chegou ao povoado o gaúcho Manoel Luiz, chefiando cerca de duas centenas de barncos e indios, que se atiraram aos trabalhos da lavoura e se radicaram na foz do Ribeirão Anta Podre, consolidando de vez, o arraial.
Joaíma nasceu da vontade do governo português de ocupar e proteger as suas posses, no imenso vazio que era o Nordeste de Minas. No início do século passado, as cortes de Lisboa resolveram que era necessária uma vigilância maior naquela região da Província de Minas, pois as terras diamantíferas, a grande riqueza local, estavam sendo cobiçadas por aventureiros e caçadores de riqueza fáceis. O Alferes Julião Fernandes Leão se instalou à margem direita do Rio Jequitinhonha, em 1811, e, sua primeira tarefa foi levar a sua fé cristã às inúmeras tribos de índios que habitavam aquelas paragens. Com isso, a catequese dos gentios foi intensificada em toda a região. O comandante procurou agrupar as várias tribos espalhadas, tentando aldeá-las às margens do Rio Jequitinhonha e de seus afluentes.
O topônimo é o de um chefe indígena, da tribo dos botocudos, o 'tucháua' Joahima. Entretanto, o primeiro nome foi 'Quartel' ou 'Quartel de Água Branca', nome do córrego às margens do qual foi instalado um Quartel da 7ª Divisão Militar de São Miguel. Com o crescimento da aldeia, foi necessário criar mais um Quartel e o lugar passou a denominar-se 'Quartéis do Bonfim', em homenagem ao Padroeiro do lo/al, Nosso Senhor do Bonfim. Através da Lei nº 556, de 30/08/1911, o povoado foi elevado à categoria de Distrito, do recém criado município de São Miguel de Jequitinhonha, com o nome de Bonfim de Joahima. Com a emancipação política, em 27/12/1948, através da Lei nº 336, o município recebeu o nome de Joaíma, em homenagem ao chefe indígena Joahima.
O gentílico do município de Joaíma é Joaimense.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.33