Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

Joaquim Felício Minas Gerais - MG
Histórico
Os primitivos habitantes do município foram os senhores Antônio Monteiro, João José da Rocha e Ranulfo Cândido de Aguiar, fazendeiros e primeiros proprietários da Fazenda Tábua, situada à margem esquerda do Riacho Embaiassaia, circundada pela Serra do Cabral.
Com o desenvolvimento da Fazenda Tábua, originou-se um pequeno povoado, com um comércio bastante desenvolvido da Fazenda Tábua, originou-se um pequeno povoado, com um comércio bastante desenvolvido para época. Surgiram também, por volta de 1921, os primeiros núcleos de famílias, nas proximidades da estação ferroviária, com a chegada dos trilhos da Estrada de Ferro Central do Brasil – EFCB.
Mais tarde, com a descoberta de grande quantidade de cristal de rocha (quartzo) na Serra do Cabral, grande quantidade de pessoas foram atraídas para a exploração do mesmo, representando até os dias uma das principais fontes de economia do município a nível de exportação.
O topônimo Joaquim Felício originou-se de homenagem ao ilustre serrano Dr. Joaquim Felício dos Santos, jurista, professor, escritor e político.
Gentílico: feliciano

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Tabua, pelo decreto nº 280, de 06-12-1890, e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891, confirmado sua criação a lei estadual nº 401, de 14-09-1905, subordinado ao município de Diamantina.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Tabua, figura no município de Diamantina.
Pela lei estadual nº 540, de 03-09-1912, o distrito de Tabua passou a denominar-se Joaquim Felício.
Nos quadro de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o distrito já denominado Joaquim Felício, permanece no município de Diamantina.
Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, o distrito de Joaquim Felício perdeu o território para constituir o novo distrito de Buenópolis, no município de Diamantina.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Joaquim Felício, figura no município de Diamantina.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, o distrito de Joaquim Felício deixa de pertencer ao município de Diamantina, para ser anexado ao novo município de Buenópolis.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Joaquim Felício, figura no município de Diamantina.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.
Elevado à categoria de município com a denominação de Joaquim Felício, pela lei estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembrado de Buenópolis. Sede no antigo distrito de Joaquim Felício. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-03-1963.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.
Alteração toponímica distrital
Tabua para Joquim Felício alterado, pela lei estadual nº 540, de 03-09-1912.

Transferência distrital
Pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938, transfere o distrito de Joaquim Felício do município de Diamantina para o novo município de Buenópolis.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.41