Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

Palma Minas Gerais - MG
Histórico
Antes dos desbravadores passarem pela região, onde, mais tarde, apareceria o município de Palma, apenas o homem nativo, na rudeza de seu trato, dominava aquelas terras. Até que em 1780, chegaram os desbravadores com a natural sede de riqueza, deixando, em troca, um pouco de civilização. Desbravadas as terras, surgiram os primeiros nomes: Rancho da Cotieira e Capivara. Depois São Francisco do Capivara e Palma. Recebeu o nome de Palma por existir no jardim da cidade, naquela época, umas palmeiras altas que decoravam o principal logradouro público local. Em 1851, o lugar onde se localizava a Fazenda Glória, propriedade de mais de três mil alqueires, pertencente ao major Joaquim Vieira da Silva Pinto, foi elevado a curato com o nome de São Francisco de Assis do Capivara. Aliás, o major Silva Pinto fez progredir todos os lugares situados na circunvizinhança de sua fazenda. Falecido o major, muitos de seus filhos foram estabelecer organizadas fazendas na região de Palma, podendo ser considerados como os primeiros povoadores do território, pois foram eles que deram impulso ao desenvolvimento da localidade. Mais tarde, diversos vultos locais trabalharam pelo progresso de Palma, notando-se que sua emancipação administrativa teve como patrono a figura respeitável do senador Costa Reis, considerado o grande benfeitor da nova comunidade.

Formação Administrativa
Distrito criado pela Lei provincial n° 1239, de 29 de agosto de 1864. O município foi criado com território desmembrado de Cataguases e a denominação de São Francisco do Capivara pelo Decreto estadual n° 297, de 23 de dezembro de 1890. Em razão do Decreto estadual n° 441-A, de 23 de março de 1891, o município passou a denominar-se Palma, ocorrendo sua instalação a 01 de abril de 1891. A Lei estadual n° 2, de 14 de setembro de 1891, confirmou a criação do seu distrito-sede. A Lei estadual n° 23, de 24 de maio de 1892, concedeu foros de cidade à sede municipal de Palma. Na divisão administrativa de 1911, aparece o município integrado por cinco distritos: Palma, Cisneiros, Itapiruçu, Morro Alto e Cachoeira Alegre. Na última divisão administrativa, o município de Palma aparece formado por três distritos, o da sede, Cisneiros e Itapiruçu.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.40