Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Praça Monsenhor Messias Bragança : Casa Estrela : Elite Hotel : Casas Pernambucanas : Passos, MG - [19--]
[Praça Geraldo da Silva Maia] : Estação Rodoviária : Passos, MG - [19--]
Rua Doutor João Braulio : Passos, MG - [19--]
Praça Blandina de Andrade : Passos Hotel : Passos, MG - [19--]
Rua João de Barros : Passos, MG - [19--]
Rua Rui Barbosa : Passos, MG - [19--]
Veja mais fotos

História

O primeiro nome do hoje importante município sul-mineiro foi Capoeiras, por estar, àquela época, situada a povoação dentro de uma densa capoeira. O segundo nome – Vila Formosa do Senhor Bom Jesus dos Passos – foi dado ao antigo arraial das Capoeiras em virtude de o alferes João Pimenta de Abreu, devoto do Senhor Bom Jesus dos Passos, haver erigido o primeiro templo nesta cidade em cumprimento de uma promessa, tendo por orago aquele santo. Mais tarde o nome foi simplificado para Passos.
Os primeiros desbravadores da região foram os alferes João Pimenta de Abreu e seus parentes, os quais ali se fixaram, atraídos, sobretudo, pela topografia, fertilidade do solo e existência do ouro às margens do rio Grande. Em 1823, já era grande o povoado, quando Domingos Vieira de Souza e Joaquim Lopes da Silva construíram as suas fazendas, concorrendo poderosamente para a formação do arraial. Com o correr dos anos e a chegada de novos mineradores o povoado se alargou, tornando-se conhecido em toda a província de Minas Gerais pelo nome de Arraial da Capoeira.
Pela Provisão de 11 de dezembro de 1835 foi a primeira capela elevada à categoria de capela curada, que foi inaugurada em 20 de março de 1836, tendo por orago São Bom Jesus dos Passos.
Deve-se aos ingentes esforços do capelão de Passos, padre Francisco de Paula Trindade, a criação da freguesia do Senhor Bom Jesus dos Passos, istalando-se a vila de Passos em 1850.
Continuando em franco progresso, a florescente vila foi elevada à categoria de cidade em 1858, conservando a mesma denominação.

Formação Administrativa

Distrito criado, com a denominação de Vila Formosa do Senhor Bom Jesus dos Passos, pela Lei Provincial n.º 184, de 03-04-1840, e pela Lei Estadual n.º 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Jacuí.
Elevado à categoria de vila, com a denominação de vila Formosa do Senhor Bom Jesus dos Passos, pela Lei Provincial n.º 386, de 09-10-1848, sendo desmembrado do município de Jacuí e tendo com sede a antiga povoação de Vila Formosa do Senhor Bom Jesus dos Passos. Constituído do distrito sede e instalado em 07-09-1850.
Pela Lei Provincial n.º 812, de 04-07-1857, e pela Lei Estadual n.º 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de São João Batista do Glória e anexado à vila de Vila Formosa do Senhor Bom Jesus dos Passos.
Elevada à condição de cidade, com a denominação de Passos, pela Lei Provincial n.º 854, de 14-05-1858.
Pela Lei Provincial n.º 1.782, de 22-09-1871, e pela Lei Estadual n.º 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Espírito Santo da Forquilha e anexado ao município de Passos.
Pela Lei Provincial n.º 2.260, de 30-06-1876, e pela Lei Estadual n.º 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de São José da Barra e anexado ao município de Passos.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 o município é constituído de 3 distritos: Passos, São João Batista do Glória e São José da Barra. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 148, de 17-12-1938, o distrito de São João Batista do Glória foi transferido do município de Passos para o de Delfinópolis e o distrito de São José da Barra deixa de pertencer ao município de Passos para ser anexado ao de Alpinópolis.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939 a 1943 o município é constituído do distrito sede.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 1.058, de 31-12-1943, Passos adquiriu do município de Delfinópolis o distrito de São João Batista do Glória.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944 a 1948 o município é constituído de 2 distritos: Passos e São João Batista do Glória.
Pela Lei n.º 336, de 27-12-1953, é desmembrado do município de Passos o distrito de São João Batista do Glória, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.

Fonte

Passos. In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1959. v. 26, p 283-290. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_26.pdf. Acesso em: fev. 2015.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.39