Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

Prudente de Morais

Minas Gerais - MG

Histórico

Existem duas versões para explicar o aparecimento da cidade. Em ambas há um denominador comum: O município foi fundado por bandeirantes.
Uma das histórias, conta que as terras do município, em epoca colonial, pertenceram ao bandeirantes JOÃO LEITE DA SILVA ORTIZ, que possuia perto da Lagoa da Cidade uma residência. Lá construiu um 'cercado', daí o nome antigo do lugar, que perdurou por muitos anos; LAGOA DO CERCADO.
Outra versão, mais detalhada, conta que, na célebre Bandeira de FERNÃO DIAS PAES LEMES, quando do famoso episódio que culminou o enforcamento de seu filho, também foram expulsos da bandeira diversos membros dela, que haviam aderido ao filho revoltoso.
Dentre os expulsos, estava ANTÔNIO BARBOSA, que marchou para os lados das Sete Lagoas ( atualmente município de Sete Lagoas e limitrofe). Homem aventureiro, irrequieto e andarilho, Antônio Barbosa, teria construido perto da Lagoa da Cidade uma casa para uma de suas pousadas. Mais tarde o capitão 'PEROBA' (assim ficou conhecido), construiu junto à casa um 'CERCADO' para amansar bois. Daí o nome 'LAGOA DO CERCADO', que os mais antigos teimam em dizer, conservando a tradição.
Foi inaugurada, em 1896, uma Estação da Estrada de Ferro Central do Brasil.
Em 1870, Lagoa do Cercado, que até então pertencia a Santa Luzia do Rio das Velhas, hoje município de Santa Luzia, passou a fazer parte da recém criada 'Freguesia de Pedro Leopoldo'. Com o desmembramento de Matozinhos, o já Prudente de Morais, tornou-se seu distrito, para em 1º de março de 1963, fruto da Lei Estadual 2764 de 30 de dezembro de 1962, tornar-se município autônomo.
Municipio situado na Mesorregião Metalúrgica e na Microrregião de Belo Horizonte, com área de 125,783 Km2, limita-se ao norte pelos municipios de Funilândia; ao sul pelo de Capim Branco; a leste, pelo de Matozinhos; a oeste, pelo de Sete Lagoas.
A sede municipal, a 734 metros de altitude, tem sua posição geográfica determinada pelo paralelo de 19º 28' de latitude Sul em sua interseção com o meridiano de 44º 09' de longitude oeste.
Entre os principais acidentes geográficos, destacam-se: Serra da Cauaia, Alto do Jatobá, Alto das Pitas, Ribeirão Jequitibá, Córrego Forquilha, Lagoa do Cercado, Lagoa Bonita e Lagoa de Fora.
O clima é Temperado, com temperaturas variando entre máximas de 32º C e mínimas de 11º C.
Entre as demais atividades, têm predominância na economia municipal a indústria de ferro gusa, de cal, e criação de gado.
O intercâmbio comercial tem na cal virgem e no ferro gusa, seus principais produtos e, nos cereais, artigo do vestuário e minério de ferro, os mais importados.
A sede municipal dista 65 Km da Capital Mineira, ligada por rodovia asfaltada e por ferrovia.Seus abrigos e grutas calcarias, com valiosos painéis rupestres, foram cadastrados pelo IEPHA-MG.
Em 1984, ganhou projeção nacional e internacional, com o Programa/ Coleção Projeto 28 /do MOBRAL - Movimento Brasileiro de Alfabetização, entitulada a Cidade Integração, que teve á frente, o prefeito Brandão, entitulado ' Prefeito da Ação Comunitária'.
Cerca de 85% da população professa o catolicismo, contando ainda com a Matriz de Santo Antônio e outras igrejas Católicas. A Padroeira da Cidade é nossa Senhora do Rosário.
Prudente de Morais, também possui adeptos de espiritismo, protestantismo, e outros cultos.
Com um relevo suave e ondulado, o solo, rico em calcáreo, é intensamente explorado.
A agua é abundante, aflorando principalmente sob a forma de lagoas, e facilmente encontrada atráves de perfuração.
A vegetação e típica do cerrado, com bastante densidade e perenemente verde. A árvore mais encontrada no municipio é o eucalipto, seguindo-se as palmáceas.
A população apresenta, na maioria de seus habitantes, traços de mestiçagem.
As ruas são calçadas de pedras e asfalto, apresentando aspecto de limpeza e ordem. As praças, de pequeno tamanho, são profusamente ornamentadas com roseiras das mais variadas espécies.

Gentílico: prudentino

ALGUNS DADOS POPULACIONAL:

ANO POP URB. RURAL TX. CRESC.
1920 _
1940
1950
1960
1970 3.578 2.097 1.439
1975 4.263
1980 4.229 3.004 1.225 +1,66%
1985 4.679
1989 5.020
1990 6.374
1991 6.819 5.586 1.233 +4,36%
1992 6.899
1993 7.067
1994 7.182
1995 7.292
1996 8.081 7.427 654
1997 8.287
1998 8.461
1999 8.635
2000 8.232 7.864 368 +0,32%
2001 8.354
2002 8.529
2003 8.667
2004 8.957
2005 9.117
2006 9.276
2007 8.874
2008 9.239



Formaçao Administrativa

Distrito criado com a denominação de Prudente de Morais pela lei estadual nº 843, de 07-09- ­1923, desmembrado de distrito de Capim Branco. Subordinado ao município de Santa Luzia do Rio das Velhas. Sob a mesma lei transfere o distrito de Prudente de Morais do município de Santa Luzia do Rio das Velhas para o de Pedro Leopoldo.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Prudente de Morais figura no município de Pedro Leopoldo.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, o distrito de Prudente de Morais deixa de pertencer o município de Pedro Leopoldo. Para formar o novo município de Matozinhos.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Prudente de Morais figura no município de Matozinhos.
Assim permanecendo em divisão territoriais datadas de 1-VII-1960.
Elevado à categoria de município com a denominação Prudente de Morais, pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembrado de Matozinhos, passa á condição de Município autonômo. Sede no antigo distrito de Prudente de Morais. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-03-1963.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído, somente, do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.
O nome atual do Município é uma homenagem ao primeiro Presidente Civil da Republica Federativa do Brasil.

Transferêcia distrital
Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, transfere o distrito de Prudente Morais do município de
Santa Luzia do Rio das Velhas para o de Pedro Leopoldo.
Pelo decreto-lei estadual nº 1058, de 31-12-1943, transfere o distrito de Prudente de Morais de
município de Pedro Leopoldo para o de Matozinhos.

Fonte

IBGE Livro e Folder do MEC/SEPS/MOBRAL - Prudente de Morias ' A Cidade Integração' - Rio de Jnaeiro - 1984.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.21