Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

Os primeiros homens civilizados a pisar o solo que hoje forma o município de Sericita foi o Capitão Manoel da Costa Pereira, casado com D. Joana Maria do Carmo e seu genro Alferes Cândido Ribeiro Rosa, casado com D. Francisca. Chegaram por volta do ano de 1800, vindos de Conselheiro Lafaiete.
O capitão Costa foi o primeiro proprietário (posseiro) de todas as terras que hoje formam o município de Sericita.
As primeiras fazendas foram as do Córregos do Funil, e da Serra, separadas pelo morro do Funil. Aí se fabricava azeite que era levado em lombos de burros até Ouro Preto, onde ia ser utilizado na iluminação das ruas e casas antes do aparecimento da energia elétrica. Cultivava milho, criava porcos que passou depois a produtos de exportação, que saia em carros de bois até Cajurí.
Com a liberação dos escravos, estes tomaram posse dos 14 (quatorze) alqueires de terra que o Capitão Costa lhes doou no local denominado Chácara Velha. Entre eles destacavam-se Felisberto de Carvalho, Tia Eva e Sancha.
Liderados por Felisberto de Carvalho derrubara a mata no local denominado Ilha, próximo a foz do córrego do Arrozal e ergueram uma Capelinha de pau-a-pique coberta de esteiras de taquara, em honra de Santa Rita de Cássia. É nesta aparente Ilha, que fica hoje a parte principal desta cidade de Sericita.
A Capelinha de taquara foi logo substituida por uma Igreja, construída pelo carpinteiro Cândido Menezes e surgiu aí o povoado que recebeu o nome de Jequitibá por causa de uma gigantesca árvore desta madeira existente no local. Esta árvore ficava no exato local onde foi erguido posteriormente um cruzeiro que ficava no centro da Praça de Santa Rita de Cássia.
É ignorada a data da criação do distrito que tinha como sede o povoado de Santana de Pedra Bonita, porém o Cartório de Paz e Notas foi criado em 29/12/1891 e instalado em 06/09/1892.
Em 1912, os partidos políticos era 'Leão e Cruz'. O vereador legalmente eleito e representante do Distrito de Santana de Pedra Bonita, que foi o Senhor Manoel Martins de Paiva, do partido 'Cruz' em sua falta o partido 'Leão' fez recurso ao Tribunal pedindo a nulidade do distrito de Santana de Pedra Bonita.
A Lei nº 707, de 07 de setembro de 1917 transfere a sede de distrito para o povoado de Jequitibá que ficava a 6 km ao sul, por engano a referida Lei cita Santana do Itaporanga em vez de Santana de Pedra Bonita, o que foi corrigido um ano depois pela Lei nº 716 de 16 de setembro de 1918, que diz em seu artigo 1º, 'O distrito q que se refere o art. 2 da Lei 17 de setembro de 1917 no Município de Abre Campo cuja sede fica transferida para o povoado de Jequitibá'.
O município de Sericita criado pela Lei 2.764 de 30 de dezembro de 1962 assinado pelo Governador José Magalhães Pinto, publicado no Diário Executivo de Minas Gerais, da referida data, foi instalada por força da Lei em 01 de março de 1963, sendo intendente o Sr. Hailton Toledo, nomeado pelo Governador. Na época, a política dominante era UDN e como os pais do Sr. Hailton Toledo era PDS o fato desagradou os dirigentes da UDN que se dirigiram ao Governador a apresenarem para intendente o Sr. Nicolau Moreira Brandão, fazendeiro e residente no município de Abre Campo. Mas por ser o Sr. Nicolau proprietário de uma máquina de beneficiar café no município de Sericita foi legalmente considerado cidadão sericitense podendo exercer o cargo de 06/05/1963 a 28/08/1963.
O município localiza-se na região sudeste, mesorregião Zona da Mata, microrregião Ponte Nova, sua área territorial de 167 km2, a altitude de 772 metros, tendo sua posição geográfica determinado pela incersão do paralelo -20º 28' 26' S com o meridiano -42º 28' 55' W Gr.
O município faz atualmente limite com os municípios de Abre Campo, Jequeri, Araponga e Pedra Bonita.
Sua população atual é de 7.083 habitantes (Contagem da População 2007).

Fonte

Prefeitura Municipal de Sericita
Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.6.13