Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Rua Senador Ponce, em Rosário-Oeste : velha rua da cidade (MT) - 1968
Praça em Rosário-Oeste : ao fundo a igreja (MT) - 1968
Rua principal de Rosário-Oeste (MT) - 1968
Praça de Rosário-Oeste (MT) - 1968
Estrada para Rosário Oeste (MT) - 1955
Floresta calcárea à margem da estrada para Rosário Oeste (MT) - 1955

História

Rosário Oeste
Mato Grosso - MT

Histórico

A história da fundação de Rosário Oeste está ligada à descoberta do ouro. Rosário nasceu no bairro Monjolo. De acordo com informações históricas, por volta de 1750, chegaram à região os primeiros moradores. Encontraram ali povos da nação Bakari. Aos poucos, com a chegada da imagem de Nossa Senhora, o povoado foi se formando.
As pessoas que ali moravam faziam roças e vendiam mantimentos para as minas de Cuiabá. No século XIX, o povoado é mudado para o lugar atual. Em 1861, foi elevado a município e em homenagem à santa padroeira, passou a chamar-se Nossa Senhora do Rio Acima, devido à interação com o rio Cuiabá.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora do Rosário do Rio Acima, pelo decreto nº 30, de 26-08-1833, no município de Cuiabá.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Nossa Senhora do Rosário do Rio Acima, pela lei provincial nº 8, de 25-06-1861, desmembrado do município de Cuiabá. Sede na antiga povoação de Nossa Senhora do Rosário do Rio Acima. Constituído do distrito sede. Instalada em 07-01-1865.
Em divisão administrativa referente ao no de 1911, a vila é constituída do distrito sede.
Pela lei estadual nº 694, de 11-06-1915, a vila de Nossa Senhora do Rosário do Rio Acima tomou a denominação de Rosário Oeste.
Elevado á condição de cidade com a denominação de Rosário Oeste, pela lei estadual 772, de 16-07-1918.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 3 distritos: Rosário Oeste, Araras e Nobres.
Pelo decreto-lei estadual nº 545, de 31-12-1943, o distrito de Araras passou a denominar-se Bauxi.
Pela lei estadual nº 166, de 25-10-1948, é criado o distrito de Arruda (ex-povoado), e anexado ao município de Rosário Oeste.
Pela lei estadual nº 166, de 25-10-1948, é criado o distrito de Praia Rica (ex-povoado), e anexado ao município de Rosário Oeste.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: Rosário Oeste, Arruda, Bauxi (ex-Araras), Nobres e Praia Rica.
Pela lei estadual nº 701, de 15-12-1953, o distrito de Praia Rica foi transferido do município de Rosário Oeste para Chapada dos Guimarães.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Rosário Oeste, Arruda, Bauxi e Nobres.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela lei estadual nº 1943, de 11-11-1963, desmembra do município de Rosário Oeste o distrito de Nobres. Elevado á categoria de município.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1971.
Pela lei estadual nº 4011, de 06-11-1978, é criado o distrito de Mazargão e anexado ao município de Rosário Oeste.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 4 distritos: Rosário Oeste, Arruda, Bauxi e Marzagão.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Alteração toponímica municipal
Nossa Senhora do Rosário do Rio Acima para Rosário Oeste, alterado pela lei estadual nº 694, de 11-06-1915.

Fonte

Confederação Nacional de Municípios <www.cnm.org.br>
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.14.0