Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Rio Maracanã divisa dos municípios Igarapé-Açu e Nova Timboteua (PA) - 1955
Rio pedreira próximo a Igarapé - Açu (PA) - 1956
Colono com tanicas de fumo em Igarapé - Açu (PA) - 1956
Veja mais fotos

História

Igarapé-Açú
Pará - PA

Histórico

Quando construíram a Estrada de Ferro Bragança em terras do atual Município de Igarapé-assú já existiam habitantes nas margens dos rios Jambú-assú, Maracanã, Peixe-Boi e seus afluentes, havendo mesmo uma colonia espanhola entre os rios Jambú-assú e Caripi. O povoamento inicial organizado foi realizado com a fundação do Núcleo Agrícola Jambú-assú em 1896.
Predominou no povoamento, o elemento inicial da população, acrescida, posteriormente, por cearenses e riograndenses do norte, acossados pelas secas ou pela crise da borracha.
Os colonos espanhóis não recebendo mais o auxílio do Estado foram se retirando havendo hoje poucos elementos.
Quanto ao elemento indígena, ao sul do município existia nas margens dos rios do Prato, Jepi, Limão e Maracanã, uma tribo de 'Tembes', da qual se encontram remanescentes, que foram beneficiados pelas catequese de frades franciscanos que aí fundaram um educandário, o Instituto do Prata, transformado posteriormente em Colônia correcional e depois Lazarópolis do Prata.
Pode-se dizer que foi com a passagem da Estrada de Ferro pelo seu território em 1906, e o posterior desenvolvimento agrícola, que o município começou apresentar condições de capacidade para vida política e autonomia administrativa. Em 26 de outubro de 1906, pela Lei nº 095 foi elevado à categoria de município sendo instalado a 1º de janeiro de 1907 durante o governo do Dr. Augusto Montenegro.
Anteriormente pertenceu este município ao de Belém tendo também sofrido diversos desmembramentos no seu território em favor de Guamé, Maracanã e Capanema.
O município está, de acordo com o decreto estadual de 31-10-1938 dividido em 5 distritos: Sede, Nova Timboteua, Peixe-Boi, São Luiz e Timboteua.
Atualmente o município de Igarapé-assú possui a categoria de Comarca criada em 25-01-1932 pelo dec. nº 595, sendo seu primeiro juiz de direito Dr. Anibal Fonseca de Figueredo. A sede municípal se eleva no quilometro 111 da Estrada de Ferro Bragança, rodeada pelos cursos d'água Igarapé-assú e Páu-Cheiroso.
As construções são na sua maioria de taipa, cobertas com telhas de barro havendo regular número de prédios em alvenaria. A cidade é formada por três largas avenidas, correndo pela principal a estrada de ferro, duas grandes praças, uma menor e sete travessas, todas traçadas em linhas simétricas.

Gentílico: igarapé-açuense

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Igarape-Açú, pela lei estadual nº 985, de 26-10-1906, criado com território do extinto município de Santarém Novo. Sede na vila de Igarapé-Açú. Instalado em 01-01-1907.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.
Pelo decreto-lei estadual nº 264, de 04-04-1931, o município de Igarapé-Açú passou a denominar-se João Pessoa.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município já denominado João Pessoa é constituído do distrito sede.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 6 distritos. João Pessoa, Porto Seguro, Tassiateua, Santa Maria, Peixe-Boi e Nova Timboteua.
Pelo decreto-lei estadual nº 2972, de 31-03-1938, o município de João Pessoa volta a denominar-se Igarape-Açú. Sob a mesma lei acima citado os distritos de Porto Seguro, Santa Maria, Tassiateua foram extintos sendo seus territórios anexados ao distrito sede do município de Igarapé-Açú.
No quadro fixado, para vigorar no período de 1939-1943, o município já denominado Igarape-Açú aparece constituído de 5 distritos: Igarapé-Açú, São Luís, Nova Timboteua, Peixe-Boi e Timboteua.
Pelo decreto-lei estadual nº 4505, de 30-12-1943, desmembra do município de Igarapé-Açu os distritos de Nova Timboteua, Peixe Boi e Timboteua, para formar o novo município de Nova Timboteua. Sob o mesmo decreto acima citado o distrito de São Luís passou a denominar-se Cariri.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Igarapé-Açu e Caripi ex-São Luís.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.


Alterações toponímicas municipais
Igarapé-Açu para João Pessoa, alterado pelo decreto-lei estadual nº 264, de 04-04-1931. João Pessoa para Igarapé-Açu, alterado pelo decreto-lei estadual nº 2972, de 31-03-1938.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.40