Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

Catingueira Paraíba - PB

Histórico
A Cidade de Catingueira teve sua origem espotânea, pois a mesma originou-se devido a região ser composta de árvores das Caatingas denominadas Catingueira, pela designação do sertão de Piancó, onde os viajantes que por aqui passavam abrigavam-se em uma das árvores que aqui existia, por a mesma oferecer uma abrigo mais conhecido.
A família Pedro Velho Barreto iniciou a colonização área territorial de Catingueira em 28 de abril de 1.759. A senhora Joana Maria Marins, viúva de Pedro Velho Barreto adquiriu documentos de posse da referida área que a vários anos encontravam-se empossador. Nessa época foi comprada a casa feita de Torre, repartição incubida de fazer as vendas das terras, cuja concessão foi feita no governo de Dr. José Henrique de Carvalho. Esses habitantes foram desaparecendo não sabendo qual o ano. Assim sendo esta terra ficou sob responsabilidade de Joana de Abreu da Silva, Ana Joaquim e outros nomes ignorados.
Em 1.774, o sertão paraibano foi acometido de uma epidemia com o nome de cólera, que vinha devorando os seus habitantes. Em virtude disso a senhora Ana Joaquim da Silva e filhos fizeram uma prece a São Sebastião, para Catingueira fosse desviada do temoroso mal, que daria uma área da terra a São Sebastião, a qual foi acometida. A moléstia chegou até as cabaças, hoje município de Santa Terezinha da Silva estava perto de morrer sem pagar a promessa e pediu ao seu filho João Luís de Abreu que o pagasse.
Várias pessoas doaram terras ao patrimônio de São Sebastião, entre elas destacam-se as famílias: Correia, João Luis de Abreu, Fidel Rodrigues de Sousa, Benedito Alves de Abreu e o Coronel Firmino Ayres Albano Costa e sua esposa Dinamérica Ayres.
Catingueira emancipous-se em 04 de outubro de 1.959, através da Lei nº 2.144 de julho de
1.959.
Gentílico: catingueirense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Jucá, pela lei municipal nº 17, de 07-01-1896, subordinado ao município de Piancó.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Jucá, figura no município de Piancó.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938, o distrito de Jucá passou a denominar-se Caatingueira.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Caatingueira, figura no município de Piancó.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Elevado à categoria de município com a denominação de Catingueira, pela lei estadual nº 1144, de 15-07-1959, desmembrado de Piancó. Sede no antigo distrito de Catingueira Constituído de 2 distritos: Catingueira e Itajubatiba. Ambos desmembrados de Piancó. Instalado em 04-10-1959.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Catingueira e Itajubatiba.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica distrital
Jucá para Caatingueira alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938.
Alteração de grafia distrital
Caatingueira para Catingueira alterado, pela lei estadual nº 1144, de 15-07-1959.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0