Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

Lagoa Seca Paraíba - PB

Histórico
FORAM índios bultrins os primitivos habitantes da região.
No século XIX, as terras onde se situa o atual Município, pertenciam ao coronel José Antônio Alves Pequeno, conhecido como coronel Vila Seca.
Em 1929, às margens da estrada de acesso entre Campina Grande e a região do brejo paraibano
- atual BR-104 ou Anel do Brejo - foi construída, por Cícero Faustino da Silva, a primeira casa, que se tornou ponto de parada dos tropeiros. Dali demandavam às regiões brejeiras e curimataú. Com o aparecimento de novas residências, em pouco tempo, desenvolveu-se o Povoado.
Criado o Distrito de Paz, em 1934, no ano seguinte monsenhor José Delgado inaugurou a primeira capela, que teve como Padroeira, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
Em 1937, o topônimo foi mudado para Vila de Ipuarana, mais tarde, restabelecido para a antiga denominação.
Procedentes da Alemanha chegaram, entre 1939 e 1940, Lamberto Hoetting, Pedro Westermam e Manfredo Panterburg, frades franciscanos, construíram grande seminário, hoje Colégio Seráfico de Santo Antônio e deram impulso à Vila de Lagoa Seca.
Em 1951, foi criada a Paróquia de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e, em 1953, instalado o Noviciado dos Irmãos Maristas, pertencentes à Província dos Irmãos Maristas do Brasil, outro fator de desenvolvimento para a Vila. No mesmo ano, iniciou-se a construção da Igreja Matriz. A missa de inauguração foi celebrada a 15 de agosto do ano seguinte.
Gentílico: lagoa-sequense

Formação Administrativa
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no município de Campina Grande o distrito de Lagoa Seca.
Pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938, o distrito de Lagoa Seca, passou a denominar-se Ipauarana.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito já denominado Ipauarana, figura no município de Campina Grande.
Pela lei estadual nº 166, de 05-11-1948, o distrito de Ipauarana voltou a denominar-se Lagoa Seca.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de Lagoa Seca ex-Ipauarana, figura no município de Campina Grande.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Elevado à categoria de município, com a denominação de Lagoa Seca, pela lei estadual nº 3133, de 04-01-1964, desmembrado de Campina Grande. Sede no antigo distrito de Lagoa Seca. Constituído do distrito sede. Instalado em 29-02-1964.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais
Lagoa Seca para Ipauarana alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938. Ipauarana para Lagoa Seca alterado, pela lei estadual nº166, de 05-11-1948.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.26.1