Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

São João do Tigre Paraíba - PB

Histórico
Por volta de 1890, habitada estas terras uma ramificação da família dos Índios Carirís.
A fundação do povoado, data de 1895, com a doação de terras a Paróquia de Nossa Senhora das Dôres, feitas pelo proprietário Cândido José Bezerra. A doação fora feita à paróquia de Monteiro.
Construiu-se uma capela de São João Batista, e ao seu redor começaram a surgir as primeiras casas residenciais e comerciais.
Entre os pioneiros deste povoado que surgia estavam José Bezerra de Medeiros, Manoel Rodrigues Evangelista e Mariano Cordeiro de Medeiros.
Chamou-se Tigre, nome proveniente de animais que os primeiros habitantes matavam na região. Haviam duas fazendas, Tigre de Baixo e Tigre de Cima e ainda Tigre Novo, pertencentes a Cândido José Bezerra. O povoado surgiu na fazenda Tigre de Baixo. O nome Tigre é inadequado, visto que não existe no Brasil, e sim onças pintadas.
Por causa da família que fundou o povoado passou a chamar-se “Tigre de Medeiros”. Maistarde Jacarará e por fim SÃO JOÃO DO TIGRE.
Gentílico: são-joão-tigrense

Formação Administrativa
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, figura no município de Alagoa do Monteiro, o distrito de São João do Tigre.
Pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938, o município de Alagoa do Monteiro passou a denominar-se simplesmente Monteiro e o distrito de São João do Tigre a denominar-se Tigre.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Tigre ex-São João do Tigre, figura no município de Monteiro ex-Alagoa do Monteiro.
Pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943, o distrito de Tigre passou a denominar-se Jacarará.
Pela lei estadual nº 73, de 23-12-1947, o distrito de Jacarará voltou a denominar-se São João do Tigre.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o distrito de São João do Tigre ex-Jacarará, figura no município de Monteiro.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Pela lei estadual nº 2110, de 08-05-1959, o distrito de São João do Tigre, passou a fazer parte do novo município de São Sebastião do Umbuzeiro. Criado pela mesma lei.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o distrito de São João do Tigre, figura no município de São Sebastião do Umbuzeiro.
Elevado à categoria de município com a denominação de São João do Tigre, pela lei estadual nº 2749, de 02-01-1962, desmembrado de São Sebastião do Umbuzeiro. Sede no antigo distrito de São João do Tigre. Constituído de 2 distritos: São João do Tigre e Santa Maria, criado pela mesma lei que criou o município. Instalado em 24-06-1962.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: São João do Tigre e Santa Maria.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.
Alterações toponímicas distritais
São João do Tigre para simplesmente Tigre alterado, pelo decreto-lei estadual nº 1164, de 15-11-1938.
Tigre para Jacarará alterado, pelo decreto-lei estadual nº 520, de 31-12-1943. Jacarará para São João do Tigre alterado, pela lei estadual nº 73, de 23-12-1947.

Transferência distrital
Pela lei estadual nº 2110, de 08-05-1959, transfere o distrito de São João do Tigre do município de Monteiro para o novo município de São Sebastião do Umbuzeiro.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.46