Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

O povoamento do território iniciou-se por volta de 1710, quando o português André Cordeiro dos Santos estabeleceu-se no lugar a que chamou de Tabocas, por existir ali um tabocal, fazendo então erguer um engenho de açúcar. O mesmo nome foi dado a um rio que passava nas extremidades, o Rio Tabocas.
Em 1751, evangelizadores franciscanos adentraram pelo interior da capitania, seguindo o curso do Rio Capibaribe, e estabeleceram-se em um local que hoje fica a quinze quilômetros da sede municipal. Devido a uma grande seca, eles se mudaram para o Sítio Brejo de São José, também conhecido como Brejo de Fora, e edificaram uma capela em 1752.
A partir da capela, a povoação passou a se denominar Brejo da Madre de Deus, evoluindo até se tornar sede municipal. Em 1760, a Congregação de São Felipe de Neri doou meia légua de terras para patrimônio da capela, área que corresponde ao atual perímetro urbano. A elevação à categoria de freguesia ocorreu em 1797. Tornou-se vila em 1833 e emancipou-se em 1879.

Formação Administrativa

Distrito criado com denominação de Brejão de Madre de Deus, por provisão de 03-08-1799.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Brejo de Madre de Deus, por provisão de 20-05-1833, desmembrado de Flores. Instalado em 22-10-1833.
Elevado à categoria de cidade e sede, por Lei Provincial n.º 1.327, de 04-02-1879. Pela Lei Municipal n.º 1.830, de 28-06-1884, é criado o distrito de Belo Jardim e anexado ao município de Brejo da Madre de Deus.
Pela Lei Municipal de 10-08-1892, é criado o distrito de Jatobá e anexado ao município de Brejo de Madre de Deus.
Pela Lei Municipal de 21-06-1892, foram criados os distritos de Mandacaia, Serra do Ventos e Fazenda Nova e anexados ao município de Brejo de Madre de Deus.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 6 distritos: Brejo Madre de Deus, Belo Jardim, Aldeia Velha, Jatobá do Brejo, Mandacaia e Serra do Vento.
Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o município é constituído de 6 distritos: Brejo de Madre de Deus, Aldeia Velha, Belo Jardim, Jatobá, Mandacaia e Serra do Vento.
Pela Lei Estadual n.º 1.931, de 11-09-1928, desmembra município de Brejo de Madre de Deus o distrito de Belo Jardim, Aldeia Velha e Serra do Vento, para constituir o novo município de Belo Jardim.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Brejo da Madre de Deus, Jatobá do Brejo e Fazenda Nova. Não figurando o distrito de Mandacaia.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 235, de 09-12-1938, o município de Brejo da Madre de Deus passou a denominar-se simplesmente Madre de Deus.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 952, de 31-12-1943, o distrito de Jatobá passou a denominar-se Jatáuba.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município já denominado Madre de Deus é constituído 3 distritos: Madre de Deus, Fazenda Nova e Jataúba ex-Jatobá.
Pela Lei Estadual n.º 421, de 31-12-1948, o município de Madre de Deus voltou a denominar-se Brejo da Madre de Deus.
Em divisão territorial datada de 1-VI-1955, o município é constituído de 3 distritos: Brejo da Madre de Deus, Fazenda Nova e Jataúba.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VI-1960.
Pela Lei Estadual n.º 4.552, de 20-12-1963, desmembra do município de Brejo da Madre de Deus o distrito de Fazenda Nova. Elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 3.333, de 31-12-1958, desmembra do município de Brejo da Madre de Deus o distrito de Jataúba. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Pelo Acórdão do Tribunal de Justiça, mandado de segurança n.º 57.101, de 14-09-1964, é extinto o município de Fazenda Nova, sendo seu território anexado ao município de Brejo da Madre de Deus.
Em divisão territorial datada de I-I-1979, o município é constituído de 2 distritos: Brejo da Madre de Deus e Fazenda Nova.
Posteriormente foram criados os distritos de Barra do Farias, Mandaçaia e São Domingos e anexados ao município de Brejo da Madre de Deus.
Em divisão territorial datada de 1995, o município é constituído de 5 distritos: Brejo da Madre de Deus, Barra do Farias, Fazenda Nova, Mandaçaia e São Domingos.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2015.

Fonte

Brejo da Madre de Deus (PE). Prefeitura. 2017. Disponível em: http://www.brejomdeus.pe.gov.br/historia%20da%20cidade.htm. Acesso em: maio 2017.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.16.1