Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Erosão em Ipojuca (PE) - 1955
Erosão em Ipojuca (PE) - 1955
Erosão em Ipojuca (PE) - 1955

História

O povoado do município é bastante antigo. No entanto, não se possui dados exatos acerca da fundação da localidade, que deve ter surgido da doação de sesmarias, ainda no primeiro século da colonização.
Entre as famílias que se estabeleceram inicialmente na várzea do Ipojuca, mencionam-se os Lacerdas, Cavalcanti, Rolim, e Moura.
Por ocasião da invasão holandesa, a região do atual município de lpojuca contava já com muitos engenhos de açúcar, graças à fertilidade das suas terras, ricas em massapé, de maneira que mereceu a atenção do invasor. Em 17 de julho de 1645 começou a luta em lpojuca para a expulsão dos batavos, dirigida pelo capitão-mor Amador de Araujo, que contava com 16 homens armados. A luta teve início com um incidente entre um judeu e um morador da localidade, aproveitando-se os habitantes para combater os invasores. O destacamento holandês tentou manter a ordem, mas o povo incentivado por Amador de Araujo, mesmo sem armas apropriadas, incendiou o quartel holandês e matou muitos soldados invasores. Do Recife foi enviado um reforço holandês, comandado pelo coronel Haus. O encontro com as forças pernambucanas realizou-se no dia 23-VII-1645 no engenho Tabatinga. No dia 23, os insurretos de lpojuca, numa emboscada, atacaram os holandeses, derrotando-os completamente. Em seguida, o capitão-mor Amador de Araujo e a sua tropa marcharam até a Várzea, a fim de fazer junção com as forças de FernandesVieira. Posteriormente tomaram parte no combate de Tabocas. Na revolução de 1817, travou-se combate em lpojuca, sendo vencidas as tropas de Domingos Martins.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Nossa Senhora do Ó de Ipojuca anteriormente a 1608 e por Lei Municipal n.º 2, de 19-11-1895.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Nossa Senhora do Ó pelas Leis Provinciais n.º 152, de 30-03-1846, n.º 499, de 29-05-1861, n.º 918, de 18-05-1870, e n.º 1.514, de 04-08-1880. Instalado em 18-02-1862. Sede na povoação da Nossa Senhora do Ó.
As Leis Provinciais n.º 236, de 22-05-1849, n.º 587, de 09-05-1864, n.º 1.334, de 18-02-1879, e n.º 1.929, de 16-11-1888, transferem a sede do município da povoação de Nossa Senhora do Ó para a povoação de São Miguel de Ipojuca.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 23, de 04-10-1890, a sede do município volta a pertencer à povoação de Nossa Senhora do Ó.
Elevado à condição de cidade com a mesma denominação de Ipojuca pela Lei Estadual n.º 173, de 06-06-1896.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911 o município é constituído de 3 distritos: Ipojuca, Nossa Senhora do Ó de Ipojuca e São Miguel de Ipojuca.
Pela Lei Municipal n.º 5, de 20-04-1914, é criado o distrito de Santo Antônio da Camela e anexado ao município Ipojuca.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município é constituído de 3 distritos: Ipojuca, Nossa Senhora do Ó, Santo Antônio da Camela, não figurando o distrito de São Miguel. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 235, de 09-12-1938, o distrito de Santo Antônio da Camela teve sua denominação simplificada para Camela.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944 a 1948, o município é constituído de 3 distritos: Ipojuca, Camela e Nossa Senhora do Ó.
Em divisão territorial datada de I-VII-1950 o município é constituído de Ipojuca, Camela e Nossa Senhora do Ó.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1960.
A Lei Estadual n.º 4.979, de 20-12-1963, desmembra do município de Ipojuca o distrito de Nossa Senhora do Ó, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963 o município é constituído de 2 distritos: Ipojuca e Camêla.
A Lei Estadual n.º 4.947, de 20-12-1968, desmembra do município de Ipojuca o distrito de Camela, elevado à categoria de município.
Pelo Acórdão do Tribunal de Justiça, Mandado de Segurança n.º 56.906, de 06-07-1964, foram extintos os municípios de Nossa Senhora do Ó e Camela, sendo seus territórios anexados ao município de Ipojuca.
Em divisão territorial datada de I-I-1979 o município é constituído de 3 distritos: Ipojuca, Camela e Nossa Senhora do Ó. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.

Fonte

Ipojuca (PE). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1958. v. 18. p. 137-140. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_18.pdf. Acesso em: jan. 2016.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0