Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

Ribeirão Pernambuco - PE

Histórico
Segundo a tradição local Ribeirão originou-se de um aglomerado de casas em redor de uma capela sob a invocação de Santana, no século XVIII.
O desenvolvimento do povoado deve-se ao aparecimento do Engenho Ribeirão, da Usina Pinto e depois Usina Ribeirão.
O topônimo Ribeirão é originário de um ribeiro perene e tributário do rio Amaraji, que banha a cidade pelo lado leste.
Em 25 de março de 1862 foi inaugurada a Estação da linha férrea Ribeirão, fator de apreciável desenvolvimento para o lugar.
Gentílico: ribeirãoense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Ribeirão, pela lei municipal de 19-08-1895, subordinado ao município de Gameleira.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Ribeirão, pela lei estadual nº 991, de 01-071909, desmembrado de Gameleira.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Ribeirão, figura no município de Gameleira.
Elevado à categoria de cidade e sede municipal, pela lei estadual nº 1931, de 11-09-1928, desmembrado de Gameleira. Constituído do distrito sede. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1929.
Pela lei municipal de 29-11-1928, é criado o distrito de Caxangá e anexado ao município de Ribeirão.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 2 distritos: Ribeirão e Caxangá.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09-12-1938, o distrito de Caxangá passou denominar-se José Mariano. Sob a mesma lei o município de Ribeirão adquiriu do município de Amaragi o distrito de Aripibú.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de Ribeirão, Arapibú e José Mariano ex-Caxangá.
Pela lei municipal nº 245, de 26-12-1958, é criado o distrito de Estreliana ex-povoado e anexado ao município de Ribieirão.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 4 distritos: Ribieirão, Aripibu, Estreliana e José Mariano.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963.
Pela lei municipal nº 559, de 15-10-1969, o distrito de Estreliana é extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede de Ribieirão.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 3 distritos: Ribieirão, Aripibu e José Mariano.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0