Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Praça Senador Joaquim Pires em Barras (PI) - 1957
Praça Senador Joaquim Pires em Barras (PI) - 1957
Praça Senador Joaquim Pires em Barras (PI) - 1957
Placa da Praça Senador Joaquim Pires em Barras (PI) - 1957
Igreja Matriz de Barras (PI) - 1957
Busto do Mal. Pires Ferreira em Barras (PI) - 1957

História

Barras Piauí - PI

Histórico
Barras está localizada no centro de seis barras de rios e riachos, o que deu origem ao seu topônimo.
A fundação ocorreu em meados do século XVIII, quando o Coronel Miguel Carvalho de Aguiar, natural do Estado da Bahia, iniciou a construção da primeira capela, dedicada a Nossa Senhora da Conceição, atualmente Padroeira da Cidade.
Em 1759, o missionário Frei Manoel da Penha, para uns, ou o Padre Gabriel Malagrida, para outros, em visita à localidade, conseguiu com o fazendeiro Manoel da Cunha Carvalho, e alguns fiéis, a conclusão da obra.
A capela constituiu a base para a formação do núcleo populacional, desenvolvido a partir da fazenda Buritizinho, e que, em 1809, se transformou na povoação de Barras, (com meia dúzia de casas de telha, dispersas na parte meridional).
Sempre em torno das atividades religiosas, a povoação foi se desenvolvendo; em 1815, formaram-se as primeiras ruas, seguindo-se a criação do Distrito de Paz, a construção do novo templo, a criação da Freguesia, a elevação à categoria de Vila e, finalmente, por Decreto, a criação da Cidade, com a denominação de Barras do Marataoan.
Gentílico: barrense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Barras, pelo decreto de 20-10-1823.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Barras, pela lei provincial nº 127, de 24-09-1841. Sede na vila de Barras. Instalada em 19-04-1842.
Elevado à categoria de cidade com a denominação de Barras do Marataoan, pelo decreto nº 1, de 28-12-1889.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.
Pelo decreto-lei nº 1279, de 26-06-1931, o município de Barras de Marataoan adquiriu os extintos municípios de Batalha e Boa Esperança, (atualmente municipio de Esperantina).
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Barras de Marataoan, Batalha e Boa Esperança.
Pelo decreto estadual nº 1575, de 17-08-1934, desmembra do município de Barra de Marataoan,
o distrito de Boa Esperança. Elevado à categoria de município. Pelo decreto estadual nº 1536, de 02-05-1934, desmembrado do município de Barra de Marataoan o distrito de Batalha. Elevado à categoria de município.
Em divisão territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece com a denominação de Barras. Não há ato mudando a denominação do município era admitido por simples
tolerância 0f.do DEE do Piauí ao SECRIBGE D/1892, de 28-08-1943, protocolo sob o nº 46941. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.17.3