Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Cidade de Paulistana (PI) - 1957
Cidade de Paulistana (PI) - 1957
Construção do Açude de Ingazeira em Paulistana (PI) - 1957
Veja mais fotos

História

Paulistana Piauí - PI

Histórico
O Município de Paulistana ter-se-ia originado de uma fazenda de criação de gado, fundada pelo bandeirante paulista Domingos Jorge Velho, por volta de 1663, dando-lhe o nome de Paulista, em homenagem a seus conterrâneos. Outros atribuem ao português Valério Coelho a fundação de uma fazenda de criação de gado, em princípio do ano de 1730, à qual deu o nome de Paulista, homenagem a sua mulher Dona Domiciana Vieira Martins, natural de São Paulo.
Inúmeros adventistas, vindos das províncias vizinhas, se estabeleceram nas imediações da fazenda que rapidamente cresceu, tornando-se, em pouco tempo, um núcleo populacional de relativa expressão.
Em virtude do crescente desenvolvimento da povoação, foi instituído um Juizado de Paz em 1829, e, em 1883, foi criada a Paróquia de Nossa Senhora dos Humildes, Padroeira da Cidade. No mesmo Ato foram estabelecidos os seus limites, ficando para o ano de 1888 sua instalação canônica.
Paulista adquiriu, também, a categoria de Cidade, no ano de 1938, e, em 1944 passou a chamar-se Paulistana, por força da legislação federal que proibia a duplicidade de topônimos.
Gentílico: paulistanense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Paulista, pela resolução nº 1078, de 13-07-1883.
Elevado à categoria de vila com a denominação de paulista, pela resolução provincial nº 1137, de 20-07-1885, desmembrado de Jaicós. Sede na atual vila de Paulista. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-12-1885.
Pela lei municipal nº 4, de 02-04-1895, são criados os distritos de Conceição e Santa Maria e anexados ao município de Paulista.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município constituído de 3 distritos Paulista, Conceição e Santa Maria.
Pelo decreto estadual nº 1279, de 26-06-1931, é extinto o município de Paulista, sendo seu território anexado ao município de Jaicós, como simples distrito.
Elevado novamente à categoria de município e distrito com a denominação de Paulista, pelo decreto estadual nº 1478, de 04-09-1933, desmembrado de Jaicós.
Em divisão administrativa referente, ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 754, de 30-12-1943, o município de Paulista passou a denominar-se Paulistana.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município já denominado Paulista é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.
Alteração toponímica municipal
Paulista para Paulistana alterado, pela lei estadual nº 754, de 30-12-1943.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.41