Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

HISTÓRICO DE FLORESTÓPOLIS - PARANÁ

A origem da história de Florestópolis está ligada à história de Porecatu, município que pertenceu até 1.951. Com as penetrações no sertão começaram em 1.940 as primeiras derrubadas de matas e a formação de lavouras de café e cana-de-açúcar, dando início ao povoamento da região, onde vários patrimônios surgiram em diversos pontos do Município de Porecatu. Entre esses estava o Patrimônio São João, uma imensa gleba de terra, de propriedade do Senhor João Dias dos Reis que o dividiu em lotes rurais e urbanos para vendê-los, de modo facilitado a migrantes oriundos de São Paulo e Minas Gerais, com a intenção de formar uma nova cidade.
Esse patrimônio era ponto de pousada dos tropeiros que deixavam seu gado a pastar nas proximidades das pensões onde se instalavam e onde, na maioria das vezes estabeleciam suas residências geralmente construídas de pau-a-pique e palmito.
Em 1.943, um dos pioneiros, Luís Jóia, além do Sítio Santa Lúcia instalou também uma pensão onde hoje passa a Avenida 14 de Novembro. O Senhor Jonas Ruela, outro pioneiro, dedicou-se também à hospedagem de tropeiros abrindo sua própria residência outra pensão que abrigava viajantes à procura de melhores meios de vida.
As pessoas consideradas pioneiras da comunidade, reconhecidas até hoje como primeiros a chegar no Patrimônio e ter contribuído para formação da cidade entre outros estão: João Dias dos Reis, Sebastião Rocha, Jonas Ruela, Divina de Oliveira Freitas, Miguel Teles de Lima, Pascoal Cícero e João Lunardelli. Há outros pioneiros que não temos registro.
O nome Florestópolis, ?Cidade da Floresta?, na época de sua fundação adaptava-se perfeitamente à qualidade.
Gentílico: florestense ou florestiano.
Não há referencias de sua elevação a distrito, mas pela lei 790 de 14 de Novembro de 1.951, foi elevada a categoria de Município, desmembrando-se de Porecatu. Sua instalação deu-se aos 14 de Dezembro de 1.952, sendo o primeiro Prefeito o Sr. Guilherme Mazironi.

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA
Elevado à categoria de Município e Distrito de Florestópolis, pela Lei Estadual n°. 790, de 14 de Novembro de 1.951, desmembrado de Porecatu. Sede no Distrito de Florestópolis. Constituído do Distrito sede. Instalado em 14 de Dezembro de 1.952.
Em divisão territorial datada de 1 de Julho de 1.955, o Município é constituído do Distrito sede.
Pela Lei Estadual n°. 3527, de 16 de Janeiro de 1.958, é criado os Distritos de Mirsaselva e Prado Ferreira e anexado ao Município de Florestópolis.
Em divisão territorial datada de 1° de Julho de 1.960, o Município é constituído de 3 Distritos: Florestópolis, Miraselva e Prado Ferreira.
Pela Lei Estadual n°. 4245, de 15 de Julho de 1.960, desmembra do Município de Florestópolis os Distritos de Miraselva e Prado Ferreira. Para formar o novo Município de Miraselva.
Em divisão territorial datada de 31 de Julho de 1.963, o Município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14 de Maio de 2001.

Fonte

IBGE E PREFEITURA MUNICIPAL
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0