Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Uma senhora alemã e sua filha : Município de Iporã (PR) - s.d.
Carro de boi : Município de Iporã (PR) - 1965
Plantação e floresta : Município de Iporã (PR) - 1965
Travessia : Município de Iporã (PR) - 1965
Travessia : Município de Iporã (PR) - 1965
Plantação de café entre milho, feijão : Município de Iporã (PR) - s.d.
Veja mais fotos

História

Iporã Paraná - PR
Histórico
A sociedade imobiliária Noroeste do Paraná Limitada, denominada posteriormente SINOP TERRAS LTDA. Integrada pelos colonizadores Enio Pipino e João Pedro Moreira de Carvalho, planejou e colonizou a gleba Atlântida, onde se situa a sede municipal.
Os primeiros a penetrarem na região foram: Toshio Uchiyama , Francisco Vieira Marques, Rodolfo e Augusto Hering, José Aparecido de Oliveira, Arlindo Pereira da Silva, Waldomiro Vieira Marques, Augusto Rodrigues Gonçalves.
Iporã nome de origem indígena, significa Àgua Boa, em virtude da qualidade das àguas que correm em seus rios e riachos.
Gentílico: iporãnense ou iporãense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Iporã ex-povoado, pela lei municipal nº 12, de 24-04­1955, com terra desmembrada do distrito sede de Cruzeiro do Oeste, subordinado ao município de Cruzeiro do Oeste. .
Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o distrito de Iporã permanece no município de Cruzeiro do Oeste.
Elevado à categoria de município com a denominação de Iporã, pela lei estadual nº 4245, de 25­07-1960, desmembrado de Cruzeiro do Oeste. Sede no antigo distrito de Iporã. Constituído do distrito sede. Instalado em 15-11-1961.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Pela lei municipal nº 32, de 28-09-1967, são criados os distritos de Cafezal e Francisco Alves e anexados ao município de Iporã. Pela lei estadual nº 5522, de 20-02-1967, é criado o distrito de Rio Bonito e anexado ao município de Iporã. Pela lei estadual 5777, de 24-05-1968, é criado o distrito de Oroite ex-povoado de Santa Helena e anexado ao município de Iporã.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 5 distritos: Iporã, Cafezal, Francisco Alves, Oroite e Rio Bonito.
Pela lei estadual nº 6314, de 24-08-1972, desmembra do município de Iporã os distritos de Francisco Alves e Rio Bonito, para formar o novo município de Francisco Alves.
Em divisão territorial datada de I-I-1979, o município é constituído de 3 distritos: Iporã, Cafezal e Oroite. Pela lei estadual nº 7603, de 15-06-1982, é criado o distrito de Nilza e anexado ao município de Iporã.
Pela lei estadual nº 7604, de 15-06-1982, é criado o distrito de Jangada e anexado ao município de Iporã.
Pela lei estadual nº 7622, de 15-06-1982, é criado o distrito de Guaiporã e anexado ao município de Iporã.
Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 6 distritos: Iporã, Cafezal, Guaiporã, Jangada, Nilza e Oroite.
Pela lei estadual nº 9345, de 20-07-1990, desmembra do município de Iporã os distritos de Cafezal, Guaiporã e Jangada, para formar o novo município com a denominação de Cafezal do Sul.
Em divisão territorial datada de 17-I-1991, o município é constituído de 3 distritos: Iporã, Nilza e Oroite.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.33