Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

JANIÓPOLIS

Etimologia. Janiópolis Palavra formada pelo nome pessoal masculino ?Jânio? e pelo sufixo grego ?pólis?. O termo ?Jânio? origina-se do latim ?Janu?, uma divindade romana, cuja forma primitiva é ?Dianus?, derivada de ?dius?...divino, conforme Diana.. O termo ?pólis? é sufixo grego e significa cidade: Cidade de Jânio.

Origem Histórica. Janiópolis teve sua origem na formação de um patrimônio em plena floresta virgem, localizado no interior do município de Campo Mourão, denominando-se Pinhalzinho. Pela Lei n.º 36, de 30 de dezembro de 1960, foi criado o Distrito de Pinhalzinho.

Neste período havia ganhado as eleições, para o governo do Estado do Paraná, o candidato do PDC, Ney Aminthas de Barros Braga, dotado de raro carisma e que se empenhara na campanha presidencial de Jânio Quadros, à qual o povo lhe associou o nome. Resolveu o povo homenagear o estadista Jânio da Silva Quadros, nascido em Campo Grande, atual Estado de Mato Grosso do Sul. Este homem notabilizou-se na política: foi prefeito da cidade de São Paulo por duas vezes, deputado federal pelo Estado do Paraná e Presidente da República. Marcou de forma indelével a recente historiografia brasileira seu ato de renúncia à Presidência da nação.

Neste contexto, Pinhalzinho foi elevado à condição de município autônomo, através da Lei Estadual n.º 4.450, no dia 20 de outubro de 1961, com território desmembrado de Campo Mourão e tendo denominação alterada para Janiópolis. A instalação se deu a 18 de novembro de 1962 e o primeiro prefeito foi o sr. Oscar de Paula Pereira.

Aniversário :
Fundação
18 de novembro de 1962

Gentílico Lema:
janiopolense, janiopolitano


Prefeito(a)
Jair Januario Detofol


24° 08' 31' S 52° 46' 55' O24° 08' 31' S 52° 46' 55' O

Estado
Paraná

Mesorregião
Centro Ocidental Paranaense

Microrregião
Goioerê
Região metropolitana

Características geográficas
Área 335,613 km²
População 7.032 hab. cont. IBGE/2007 [1]
Densidade 18,5 hab./km²
Fuso horário UTC-3


Indicadores
IDH 0,692 PNUD/2000
PIB R$ 74.135.247,00 IBGE/2003
PIB per capita R$ 10.482,93 IBGE/2003


m 1975, o município chegou a ter cerca de 35 mil habitantes, tendo no café uma grande fonte de renda. A partir daí, começou a emigração, reduzindo-se, drasticamente a sua população.
Festas importantes incluem 12 de Outubro, dia da Padroeira ? Nossa Senhora Aparecida e 18 de Novembro, dia da Emancipação Política, com a festa da Leitoa Fuçada, prado típico do Município.
O atual Pároco: Pe. Gerson de Araújo Costa (Diocesano).


Fundadores
Alfeu Teodoro de Oliveira; Ex Prefeito Municipal, Escolas em sua homenagem. Oscar de Paula Pereira; 1º Prefeito Municipal. Sebastião Fontoura da Silva; Inspetor da Polícia Civil na época , rua em sua homenagem. Franquelin Matias da Costa, Irmão também Delegado na época. Antônio Bonfim, Irmão. Juvenal Pedroso, Irmão. Alicio Pedroso, Irmão. (Antônio Bonfim , Juvenal , Franquelin e Alicio) Tem estes sobrenomes diferentes por ter sido criado por outras famílias. Antonio Ferreira Dangui(nico) Ex Prefeito Municipal. Januário Chiulli; tem rodovia em sua homenagem. Pedro Prado; Vila Prado em sua homenagem. João Fidelis; Vila São João em sua homenagem. Sebastião Caldeira. José Acir de Oliveira. José Alfredo Ferreira. Benedito Belem. João Fernandes da Fonseca. José Vicente. Sr. Amantino Ferreira foi um dos pioneiros da cidade. Família (Amaral). Sr. Domingos da farinheira, os catarinenses Aparicio, Adílio, Alôncio. José Antonio da Silva(Jose Sobrinho) militante e dirigente sindical. Belmiro Coelho. E um dos fazendeiros mas conhecidos, Osmar Nogueira da Silva, a família Teixeira (Dona Madalena), Antonio Barros Freire e D. Etelvina, com seus filhos entre eles o Jerry (José Barros Freire. O primiero Pároco do Município foi o Revmo. Pe. Eugênio Nichele (Capuchinho), que deixou a Paróquia em 1969. Em 1970, assumiu-a o Xaveriano, Revmo. Pe. Vicente Tonetto.

Fonte

© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.44