Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Rio Lambedor, casa de colono com várias colônias : Município de Mariópolis (PR) - 1965
Comprador de porcos : Município de Mariópolis (PR) - 1965
Casa de material : Município de Mariópolis (PR) - 1965
Serraria : Município de Mariópolis (PR) - 1965
Moinho na cidade de Mariópolis (PR) - 1965
Moinho de Mariópolis (PR) - 1965
Veja mais fotos

História

A origem do município está ligada à fazenda São Francisco de Sales, que era uma extensa área de terra coberta por matas virgens com abundantes pinheirais.
Aos poucos, foram aportando nesta fazenda, com a finalidade de colonização, os desbravadores vindo de Guaporé no Rio Grande do Sul, entre os quais João Soranzo, Basílio Bordim e João Merlo.
O local escolhido por estes pioneiros constitui hoje a cidade de Mariópolis. A fazenda São Francisco de Sales abrangia toda a região ou área ocupada hoje pelo município, que pertencia ao município de Clevelândia.
Por intermédio do governo estadual foi construída a estrada que liga Clevelândia ao sudoeste do estado, atravessando a fazenda São Francisco de Sales, estrada denominada de Pr-5 Curitiba/Barracão. A construção da referida estrada foi interrompida em 1930 na altura do Rio Pinheiro, tendo sido reiniciada somente em 1932 quando chegou à região a família Barbosa Rocha que se tornou possuidora da maior parte das terras da fazenda São Francisco de Sales.
Em 1947, os engenheiros Gutierrez e Beltrão efetuaram a medição da Fazenda São Francisco de Sales. Em 1948, chegaram as famílias Roberto Bier, Bombonato, Câmpara e Galiotto, vindas do Rio Grande do Sul.
Nessa época, já se formava um núcleo e a Cia. Clevelândia Industrial e Territorial – CITLA – adquiriu parte da área, iniciando a venda de colônias (cada um com 10 alqueires).
Inicialmente, denominado núcleo ou povoado Rio Veado, visto o rio de mesmo nome, o qual era local de caçada de veados. Mais tarde foi lhe dado o topônimo de Mariópolis, em homenagem ao Sr. Mário José Fontana, pessoa que representava a CITLA, e dentro dos interesses da empresa muito contribuiu para o desenvolvimento do município.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Mariópolis, pela Lei Estadual n.º 790, de 14-11-1951, subordinado ao município de Clevelândia.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o distrito de Mariópolis, figura no município de Clevelândia.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Elevado à categoria de município com a denominação de Mariópolis, pela Lei Estadual n.º 4.245, de 25-07-1960, desmembrado do município de Clevelândia. Sede no antigo distrito de Mariópolis. Constituído do distrito sede. Instalado em 28-11-1961.
Pela Lei Municipal n.º 2, de 28-08-1966, é criado o distrito de Gramados de São Joaquim e anexado ao município de Mariópolis.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Mariópolis e Gramados de São Joaquim.
Pela Lei Estadual n.º 4.838, de 26-02-1964, o distrito de Gramados São Joaquim tomou a denominação de Senhor Bom Jesus dos Gramados.
Pela Lei Estadual n.º 5.111, de 13-05-1965, é criado o distrito de Rio Pinheiro e anexado ao município de Mariópolis.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 3 distritos: Mariópolis, Rio Pinheiro e Senhor Bom Jesus dos Gramados (ex-Gramados São Joaquim).
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2017.

Fonte

Mariópolis (PR). Prefeitura. Disponível em: http://www.mariopolis.pr.gov.br/municipio/historia-do-municipio/. Acesso em: maio 2017.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.33