Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

Ribeirão Claro Paraná – PR
Histórico
Os primeiros habitantes da região foram agricultores e colonizadores procedentes dos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, que se estabeleceram à margem esquerda do rio Itararé, formando ali, uma Povoação que recebeu a denominação de Maria Ferreira, em território então pertencente ao município de São José da Boa Vista.
O nome da povoação passou a ser, mais tarde, Espírito Santo do Itararé.
Distante 18 léguas do povoado do Espírito Santo do Itararé, em 1890, surgia, à margem direita do Ribeirão Claro, outro povoado com o nome de Taquaral e que teve como pioneiro, José Pereira da Silva que fundara no local, uma fazenda destinada ao plantio de café.
Entre os primeiros moradores do novo povoado, podemos citar Antônio José Pires, Capitão Antônio Lopes Materri, Coronel Salvador Antunes, Major Joaquim Botelho, Domingos Velho e Antônio Gordo.
Esse povoado recebeu, mais tarde, a denominação de Ribeirão Claro, por estar localizado próximo ao ribeirão do mesmo nome.
Enquanto isso, pela lei estadual nº 352, de 2 de abril de 1900, o povoado do Espírito Santo do Itararé, era elevado à categoria de vila, desmembrada de São José da Boa Vista e instalada em 27 de setembro de 1900.
Gentílico: ribeirão-clarense

Formação Administrativa
Freguesia criada com a denominação de Espírito Santo do Itararé, por decreto n.º 136, de 17-12-1890 e por lei estadual n.º 737, de 03-03-1908, subordinado ao município de São José da Boa Vista.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Espírito Santo do Itararé, por lei estadual n.º 352, de 02-04-1900, desmembrado de São José da Boa Vista. Sede na povoação de Espírito Santo do Itararé. Constituído do distrito sede. Instalado em 27-09­1900.
Por lei estadual n.º 737, de 03-03-1908, transfere a sede do município para a povoação de Ribeirão Claro, passando o município a ter esta denominação.
Elevado à condição de cidade, por lei estadual n.º 1021, de 28-03-1911.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 2 distritos: Ribeirão Claro e Ribeirão do Meio.
Pelo decreto-lei estadual n.º 6667, de 31-03-1938, o distrito de Ribeirão do Meio passou a denominar-se Joá.
Pelo decreto-lei estadual n.º 7573, de 20-10-1938, transfere o distrito de Joá (ex-Ribeirão do Meio) do município de Ribeirão Claro para o de Joaquim Távora.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído do distrito sede.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Pela lei municipal n.º ......, de ......, é criado o distrito de Cachoeira do Espírito Santo.
Em divisão territorial datada de 18-VIII-1988, o município é constituído de 2 distritos: Ribeirão Claro e Cachoeira do Espírito Santo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.

Alteração Toponímica Municipal:
Espírito Santo do Itararé para Ribeirão Claro alterado, pela lei estadual n.º 737, de 03-03­1908.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.4