Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Estrada da fazenda - s.d.
Entrada principal da fazenda Escola Patioba (RJ) - s.d.
Gado, na propriedade agrícola do Sr. Santos Cruz. Sítio Olimpo : Paracambi, estado do Rio (RJ) - s.d.
Equinicultura : Potro de raça árabe, puro sangue, da criação do Sr. Santos Cruz (RJ) - s.d.
Trecho da estrada de Fontes que liga Paracambi a Presidente Dutra, vendo-se caminho de um lavrador de localidade (RJ) - s.d.
Trecho da estrada de Fontes que liga Paracambi a Presidente Dutra, vendo-se caminho de um lavrador de localidade (RJ) - s.d.
Veja mais fotos

História

Paracambi
Rio de Janeiro - RJ

Histórico

O antigo povoado do Ribeirão dos Macacos era, há mais de 200 anos, o caminho obrigatório para Minas e São Paulo.
Da antiga fazenda de Santa Cruz, freguesia de São Pedro , São Paulo de Ribeirão das Lajes, colonizada pelos jesuítas no fim do século XVII, prosperam os povoados de Tairetá, 7º Distrito de Vassouras, e Paracambi, 3º Distrito de Itaguaí, dos quais se formou o novo Município, em 08 de agosto de 1960.
O significado do nome de Paracambi como também o nome Tairetá , é macaco pequeno, tendo sido dado por motivo de já existir o Rio dos Macacos.
O progresso da antiga Vila acentuou-se com a inauguração da Estrada de Ferro Central do Brasil, então denominada Dom Pedro II, em 1861 e com a instalação de uma fábrica de tecidos em 1895.

Gentílico: paracambiense

Formação Administrativa

Distrito criado com denominação de Belém, pelo decreto estadual nº 1-A, de 03-06-1892, subordinado ao município de Vassouras.
Pela lei estadual nº.735, de 21-09-1906, o distrito de Belém passou a denominar-se Macacos.
Pela lei estadual nº 881, de 11-09-1909, o distrito de Macacos voltou a denominar-se Belém.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Belém figura no município de Vassouras. Pela lei estadual nº 1619, de 06-11-1919 o distrito de Belém passou a denominar-se Paracambi.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Paracambi figura no município de Vassouras.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto estadual nº 641, de 15-12--1938, o distrito de Paracambi passou a denominar-se Tairetá.
Em divisão territorial datada de 1-Vll-1955, o distrito de Tairetá figura no município de Vassouras.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960. O 3º distrito de Itaguaí também se chamava Paracambi e com o distrito de Tairetá ex-Paracambi, desmembrado do município de Vassouras, formaram o município de Paracambi em 1960.
Elevado à categoria de município com a denominação de Paracambi, pela lei estadual nº 4426, de 08-08-1960, desmembrado de Vassouras e com distrito de Paracambi do município de Itaguaí. Sede no antigo distrito de Tairetá. Constituído do distrito sede. Instalado em 13-11-1960.
Em divisão territorial datada de 01-VII-1983, o município de Paracambi é constituído do distrito sede.
Em 'Síntese' de 31-Xll-1994. o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas distritais:
Belém para Macacos alterado, pela lei estadual nº 735, de 21-09-1906.
Macacos para Belém alterado, pala lei estadual nº 881, de 11-09-1909.
Belém para Paracambi alterado, pela lei estadual nº 1619, de 06-11-1919.
Paracambi para Tairetá alterado, pelo decreto estadual nº 641, de 15-12-1938.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.26