Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

A fazenda Barriguda foi o ponto de origem da povoação que se tornou o município de Alexandria, conforme assinalada em um velho Tombo de Demarcação, datado de 1759, descoberta histórica do Dr. Antônio Fernandes Mousinho, que no mesmo, carcomido pelo tempo, está bem legível, constando do mesmo que o preto forro José da Costa, com a mão direita sobre a Bíblia, jurou dizer a verdade, e entre outras coisas, disse: “Morar na Fazenda Barrigada”. Não se tem notícias de outros moradores da fazenda, além de José da Costa.
O nome de Barriguda foi decorrente do formato da serra existente na fazenda que deu origem ao município, semelhante a um ventre.
O povoado pertencente ao município de Martins, passou a chamar-se Alexandria, em homenagem a D. Alexandrina Barreto Ferreira Chaves, filha da terra e esposa de Ferreira Chaves, que foi Senador e Governador do Estado.
Com criação do município, em 1930, foi-lhe dado o nome de João Pessoa, mas em 1936 voltou a ser Alexandria, a fim de evitar confusão com a capital da Paraíba.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de João Pessoa (ex-povoado), pelo Decreto Estadual, n.º 10, de 07-11-1930, desmembrado dos municípios de Pau dos Ferros e Martins. Instalado em 15-11-1930.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Elevado à condição de cidade e sede municipal com a denominação de Alexandria, pela Lei Estadual, n.º 19, de 24-10-1936.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município já denominado Alexandria é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.
Pela Lei Estadual n.º 897, de 18-11-1953, é criado o distrito de Tenente Ananias Gomes (ex-povoado) e anexado ao município de Alexandria.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 2 distritos: Alexandria e Tenente Ananias Gomes.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela Lei Estadual n.º 2.775, de 10-05-1962, é criado o distrito de João Dias e anexado ao município de Alexandria.
Pela Lei Estadual n.º 2.771, de 10-05-1962, é criado o distrito de Pilões (ex-povoado) e anexado ao município de Alexandria.
Pela Lei Estadual n.º 2.846, de 26-03-1963, é desmembrado do município de Alexandria o distrito de Tenente Ananias Gomes. Elevado à categoria de município com a denominação de Tenente Ananias.
Pela Lei Estadual n.º 2.905, de 20-08-1963, é desmembrado do município de Alexandria o distrito de Pilões. Elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 2.930, de 24-09-1963, é criado o distrito de Rosário e anexado ao município de Alexandria.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Alexandria e Rosário.
Pela Lei Estadual n.º 2.904, de 02-08-1963, é desmembrado do município de Alexandria o distrito de João Dias. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2018.

Fonte

CASCUDO, Luís da Câmara. Nomes da terra: história, geografia e toponímia do Rio Grande do Norte. Natal: Fundação José Augusto, 1968.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.26.1