Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

A aldeia de São Miguel do Guajíru era habitada pelos indígenas Tupis e Paiacus, sob a direção dos padres Jesuítas, nas últimas décadas do séc. XVIII.
Ali permaneceram até 1725, quando foram expulsos, deixando uma população de 1.429 almas, a mais linda igreja da Capitania e fartura de víveres e gados.
A Vila Nova de Extremoz, a primeira do Estado, foi fundada em 1758, por Bernardo Coelho Gama Casco conforme alvarás e leis 6 e 7 de junho de 1755, 8 de maio e 14 de setembro de 1758.
Fora sempre povoada, com terrenos e plantios desde o início do séc. XVII. Os holandeses visitavam-na frequentemente e pensavam em dividir a Tijuru (primeiro nome da Lagoa de Extremoz) – transformando-a em reservatório d’água. Separando suas águas pela Ponta Francesa e Ponta Grossa, a seção superior seria mantida doce pelo rio Caratã a parte inferior ficaria salgada ou salobra, comunicando-se com o mar através do Rio da Redinha que, à época, permitia passagem de botes e embarcações de fundo chato, transportando os produtos da região.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito a com a denominação de Extremoz, pela Lei Estadual n.º 2.876, de 04-04-1963, desmembrado de Ceará-Mirim. Sede no atual distrito de Extremoz. Constituído do distrito sede. Instalada em 02-02-1964.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2018.

Fonte

CASCUDO, Luís da Câmara. Nomes da terra: história, geografia e toponímia do Rio Grande do Norte. Natal: Fundação José Augusto, 1968. p. 180-181.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0