Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município

História

Pedro Velho Rio Grande do Norte - RN

Histórico
Em território outrora habitado por índios paiaguaias os Afonsos fundaram, na margem esquerda do rio Curimataú, o povoado de Cuitezeiras. Erigiram uma capela em honra de Santa Rita de Cássia, em torno da qual se edificaram as primeiras moradias. A capela foi benta em 1862. O povoado tinha, então, 30 fazendas de criação de gado, 2 engenhos de açucar e 2 descaroçadores de algodão.
A enchente do rio Curimataú, em 1901, inundou totalmente a vila de Cuitezeiras. Apenas a capela permaneceu incólume. Temeroso de novas enchentes, Claudino Martins Delgado construiu, em 1901, uma casa para sua residência, a cerca de dois quilometros de Cuitezeiras. Lançou, dessa forma, os alicerces da cidade que se denominou Vila Nova. Sucederam-se as construções. Desenvolveu-se o comércio. A sede municipal foi transferida para Vila Nova, que estendeu seu nome ao Município. A 26 de novembro de 1908, o topônimo Vila Nova foi substituído por Pedro Velho, homenagem à memória do republicano potiguar Pedro Velho de Albuquerque Maranhão, falecido no ano anterior.
A paróquia, sob invocação de São Francisco, foi criada em 11 de fevereiro de 1922.
Novas inundações se sucederam em 1917 e 1924. Da antiga vila restam apenas a capela de Santa Rita, com um velho cemitério atrás; um cruzeiro, com pedestal de alvenaria, e uma velha samoeira.
Gentílico: Pedro-velhense

Formação Administrativa
Elevado à categoria de vila com a denominação de Cuitezeiras, pelo decreto estadual nº 24, de 10-05-1890, desmembrado de Canguaretama. Sede no antiga povoação de Cuitezeiras. Instalado em 10-06-1890.
Pela lei estadual nº 181, de 04-09-1902, transfere a sede da povoação de Cuitezeiras para a Vila Nova.
Pela lei estadual nº 261, de 26-11-1908, transfere a sede da povoação de Vila Nova para a de Pedro Velho.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 603, de 31-10-1938, é criado o distrito de Montanhas e anexado ao município de Pedro Velho.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 2 distritos: Cuitezeiras e Pedro Velho.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela lei estadual nº 2727, de 08-01-1962, desmembra do município de Pedro Velho o distrito de Montanhas. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Transferência de sede
Pela lei estadual nº 181, de 04-09-1902, transfere a sede da povoação de Cuitezeiras para a Vila Nova. Pela lei estadual nº 261, de 26-11-1908, transfere a sede da povoação de Vila Nova para a de Pedro Velho.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.39