Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Mata sub-tropical em Giruá (RS) - 1972

História

Giruá
Rio Grande do Sul - RS

Histórico

Passo da Pedra é o antigo nome de Giruá. Recebeu este nome em homenagem à passagem que o rio com pedras dava aos viajantes. Giruá esteve compreendindo dentro do polígono das antigas reduções jesuítas do RS, criada a partir de 1626.
Por volta do ano de 1895, inicia-se a vinda de imigrantes de várias origens: alemã, italiana, polonesa, russa e sueca e também pessoas de outros municípios, devido a grande oferta de terra.
Na região havia abundantes palmeiras de frutos dourados, o butiazeiro, que os índios chamavam de J´erivá, ficando conhecido como: Terra sod Jerivás, originando o atual nome de Giruá.


Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Giruá, por Ato Municipal n.º 5, de 24-07-1909 ou por Ato Municipal n.º 79, de 29-12-1927, subordinado ao município de Santo Angelo.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Giruá figura no município de Santo Angelo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de I-VII-1950.
Elevado à categoria de município com a denominação de Giruá, pela Lei Estadual n.º 2.601, de 28-01-1955, desmembrado dos municípios de Santo Ângelo e Santa Rosa. Sede no antigo distrito de Giruá. Constituído de 3 distritos: Giruá, Salgado Filho e Ubiretama, os dois últimos desmembrados de Santa Rosa. Instalado em 01-01-1956.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 3 distritos: Giruá, Salgado Filho e Ubiretama.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963.
Pela Lei Municipal n.º 207, de 31-10-1967, é criado o distrito de Mato Grande é anexado ao município de Giruá.
Pela Lei Municipal n.º 614, de 04-12-1978, foram criados os distritos de Cândido Freire e Esquina Ipiranga é anexado ao município de Giruá.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 6 distritos: Giruá, Cândido Freire, Esquina Ipiranga, Mato Grande, Salgado Filho e Ubiretama.
Pela Lei Municipal n.º 1.143, de 11-12-1991, é criado o distrito de Quinze de Novembro e anexado ao município de Giruá.
Pela Lei Municipal n.º 1.144, de 11-12-1991, é criado o distrito de São Paulo das Tunas e anexado ao município de Giruá.
Pela Lei Municipal n.º 1.145, de 11-12-1991, é criado o distrito de Oito de Agosto e anexado ao município de Giruá.
Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município é constituído de 9 distritos: Giruá, Cândido Freire, Esquina Ipiranga, Mato Grande, Oito de Agosto, Quinze de Novembro, Salgado Filho, São Paulo das Tunas e Ubiretama.
Pela Lei Estadual n.º 10.654, de 28-12-1995, desmembra do município de Giruá o distrito de Ubiretama. Elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 10.662, de 28-12-1995, desmembra do município de Giruá os distritos de Salgado Filho, Esquina Ipiranga e Vila Oito de Agosto (ex-Oito de Agosto), para constituir o novo município com a denominação de Senador Salgado Filho.
Em divisão territorial datada de 1997, o município é constituído de 5 distritos: Giruá, Cândido Freire, Mato Grande, Quinze de Novembro e São Paulo das Tunas.
Pela Lei n.º 1.769, de 25-08-1997, é criado o distrito de Rincão dos Mellos e anexado ao município de Giruá.
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 6 distritos: Giruá, Cândido Freire, Mato Grande, Quinze de Novembro, Rincão dos Mellos e São Paulo das Tunas.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte

Confederação Nacional de Municípios <http://www.cnm.org.br>
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.10.1