Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

Piratini
Rio Grande do Sul - RS

Histórico

'Piratini' ou 'Piratinin' (denominação primitiva) na língua tupi-guarani significa 'peixe barulhento'.
O início do povoamento foi em 06 de julho de 1789, com 48 casais de açorianos na condição de ali residirem e trabalharem. Esses povoadores ao chegarem estabeleceram-se no local denominado 'Capão do Piratini' e fundaram uma capela em honra à Nossa Senhora da Conceição, desde então, padroeira do município.
Por ocasião da Revolução Farroupilha, acontecimentos notáveis desenrolaram-se no município. Em 08 de outubro de 1835, os farroupilhas ocuparam a vila e constituíram o Estado Rio-Grandense Independente. Em 06 de novembro de 1836, constituíram o 1º governo da república, assim constituído o Presidente-General Bento Gonçalves da Silva. A sede do Governo Estadual do Rio Grande do Sul, foi então denominada Palácio Piratini. No cenário político, o município tornou-se célebre durante a Revolução Farroupilha, por tornar-se a Capital da República Rio-Grandense.

Gentílico:

Formação Administrativa

Em 03 de abril de 1810, por Alvará de D. João, Príncipe Regente, foi elevada à categoria de Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Piratini.
A vila foi criada em 15 de abril de 1830, porém, instalada em 07 de junho de 1832, pelo ouvidor, Conselheiro Antônio Rodrigues Fernandes Braga.
Elevada à categoria de cidade em 06 de março de 1836, com a denominação de 'Muito Leal e Patriótica', usou dessas prerrogativas até 1º de março de 1845, data da pacificação. Em 1845, por ato do Governo Imperial voltou à categoria de Vila.

Fonte

IBGE
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.2