Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Vista do rio São Gonçalo : Porto de Pelotas : Rio Grande (RS) - 1959
Vista do rio São Gonçalo e da planície : Rio Grande (RS) - 1959
Depósito do Rio Grande (RS) - 1950
Depósito do Rio Grande (RS) - 1950
Depósito do Rio Grande (RS) - 1950
Depósito do Rio Grande (RS) - 1950

História

Rio Grande era o nome genérico dado às águas que correm desde o estuário do Rio Guaíba até o Oceano Atlântico, através da Lagoa dos Patos.
Com as lutas entre espanhóis e portugueses pela posse das terras, em 1737, o local foi escolhido para a construção do Forte de Jesus-Maria-José, tendo sido promovida a vinda de índios catequisados e famílias do Rio de Janeiro e de Laguna. Formou-se, assim, a povoação de Rio Grande de São Pedro. Cessadas as lutas, várias medidas foram tomadas para o reerguimento da antiga Vila que, mais tarde, foi escolhida para Sede Municipal.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Rio Grande, por Provisão de 06-08-1736.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Rio Grande em 17-07-1751. Sede na antiga povoação de Rio Grande. Constituído do distrito sede. Instalado em 16-12-1751.
Elevado à condição de capital em 1745.
Em 1763, a vila de Rio Grande foi extinta.
Elevado novamente à categoria de vila com a denominação de Rio Grande, por Alvará de 27-04-1809 e Provisão de 06-10-1809. Reinstalado em 16-02-1811.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Rio Grande, pela Lei Provincial n.º 5, de 27-06-1835.
Pela Lei Provincial n.º 35, de 06-05-1846 e Ato Municipal n.º 29, de 14-07-1906, foram criados os distritos de Taim e Povo Novo e anexados ao município de Rio Grande.
Por Ato Municipal n.º 76, de 09-12-1896, é criado o distrito de Mangueira e anexado ao município de Rio Grande.
Por Ato Municipal n.º 532, de 31-12-1909, é criado o distrito de Júlio de Castilhos e anexado ao município de Rio Grande.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 5 distritos: Rio Grande, Julio de Castilhos, Mangueira, Povo Novo e Taim.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo Decreto Estadual n.º 7.199, de 31-03-1938, o distrito de Mangueira passou a denominar-se Cassino. Sob o mesmo decreto, o distrito de Júlio de Castilhos passou a denominar-se Quinta.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 5 distritos: Rio Grande, Cassino (ex-Mangueira), Povo Novo, Quinta (ex-Júlio de Castilhos) e Taim.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela Lei Municipal n.º 3.414, de 08-10-1979, é criado o distrito de Ilha dos Marinheiros. Sob a mesma lei, o distrito de Cassino é extinto, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Rio Grande.
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 5 distritos: Rio Grande, Ilha dos Marinheiros, Povo Novo, Quinta e Taim.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Fonte

Rio Grande (RS). Prefeitura. 2010.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.4