Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

[Vista da cidade de Rio do Sul : fotografia tirada do Morro da Boa Vista (SC)] - 1953
Vista parcial da cidade de Rio do Sul (SC) - 1953
Vista parcial da cidade de Rio do Sul (SC) - 1953
Prédio da Prefeitura Municipal de Rio do Sul (SC) - 1953
Primeira casa comercial de Rio do Sul (SC) - 1953
Hotéis de Rio do Sul (SC) - 1953

História

Rio do Sul começa a surgir com a tentativa de integração das povoações do litoral com os núcleos populacionais da região serrana. Toda a política imigratória do Vale do Itajaí foi realizada com esta finalidade, tornando Blumenau importante centro nas áreas de colonização.
O Rio Itajaí-Açu desempenhou papel fundamental na fixação dos colonizadores na região do Alto Vale do Itajaí. O núcleo populacional que se formou às margens do rio chamava-se 'Suedarm' ou seja, Braço do Sul. Em 1912, o local passou a chamar-se Bella Alliança. O nome Rio do Sul veio somente em 1931 com emancipação política.
Os tropeiros que se aventuraram pelas picadas construídas em 1878 pelo Engenheiro Emil Odebrecht, para ligar a Colônia Blumenau a Lages, precisavam esperar o período de estiagem para atravessar o Rio Itajaí do Sul. Para facilitar as comunicações, Dr. Blumenau mandou construir uma balsa em 1890. O balseiro Basílio Corrêa de Negredo construiu sua choupana, que marcou o ponto de partida da formação do núcleo que, durante muito tempo, permaneceu com características rurais, desenvolvendo uma agricultura de subsistência nos lotes dos colonos de origem alemã e italiana nas várzeas do Itajaí-Açu e seus afluentes.
A descoberta do documento mais antigo de Rio do Sul, o Diário de Francisco Frankenberger alterou em partes fatos históricos da colonização de Rio do Sul. Estudos do documento culminaram com a determinação do dia da colonização, como sete de setembro de 1892.
Correntes de povoamento passaram a procurar o Alto Vale do Itajaí, formadas por descendentes da colônia de Blumenau que encontravam dificuldades para manter-se próximos das terras dos seus pais, devido ao alto preço.
Para Rio do Sul, vieram os colonos dispostos a enfrentar todas as vicissitudes do meio ambiente, num isolamento quase total, devido às dificuldades de comunicação.
Os concessionários do governo passaram a percorrer todo o litoral fazendo propaganda de novas terras para a colonização, com o objetivo de expandir as correntes migratórias, que subiram o Alto Vale do Itajaí, fazendo crescer os núcleos germânicos e italianos.
A construção de estradas, contratadas pelo governo, cujo pagamento era realizado pela concessão de terras devolutas para serem colonizadas alavancou este progresso.
Rio do Sul impôs-se aos demais núcleos do Alto Vale do Itajaí desde o início, graças à sua posição geográfica privilegiada. Estrategicamente localizada, no ponto de encontro das rodovias, começou a desenvolver um intenso comércio de produtos extraídos da área rural, enquanto a indústria surgia aos poucos.
Outro fato que desencadeou o crescimento, foi a construção da Estrada de Ferro, (hoje extinta) com planos de reimplantação através da Tremtur, permitindo a exploração de novas fontes de economia, como foi o caso da madeira.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Rio do Sul, pela Lei Estadual n.º 1.708, de 10-10-1930, sendo desmembrado de Blumenau. Sede no atual distrito de Rio do Sul. Constituído de 2 distritos: Rio do Sul e Taió. Instalado em 15-04-1931.
Pelo Decreto Estadual n.º 332, de 07-03-1933, é criado o distrito de Pouso Redondo e anexado ao município o Rio do Sul.
Pelo Decreto Estadual n.º 333, de 07-03-1933, é criado o distrito de Trombudo Central e anexado ao município de Rio do Sul.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município é constituído de 4 distritos: Rio do Sul, Pouso Redondo, Taió e Trombudo Central.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 941, de 31-12-1943, é criado o distrito de Lontras e anexado ao município de Rio do Sul.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944 a 1948 o município é constituído de 5 distritos: Rio do Sul, Lontras, Pouso Redondo, Taió e Trombudo Central.
A Lei Estadual n.º 247, de 30-12-1948 desmembra do município de Rio do Sul o distrito de Taió, elevado à categoria de município. Sob a mesma Lei é criado o distrito de Rio D`Oeste e anexado ao município de Rio do Sul.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950 o município é constituído de 5 distritos: Rio do Sul, Lontras, Pouso Redondo, Rio D‘ Oeste e Trombudo Central.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Pela Lei Municipal n.º 301, de 1-05-1957, é criado o distrito de Laurentino e anexado ao município de Rio do Sul.
A Lei Estadual n.º 348, de 21-06-1958 desmembra do município do Rio do Sul os distritos de Pouso Redondo, Rio D’Oeste e Trombudo, elevados à categoria de municípios.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é constituído de 3 distritos: Rio do Sul, Laurentino e Lontras.
Pela Lei Estadual n.º 637, de 23-12-1960, são criados os distritos de Agronômica e Alto Rio do Sul e anexados ao município de Rio do Sul.
A Lei Estadual n.º 791, de 19-12-1961 desmembra do município de Rio do Sul o distrito de Lontras, elevado à categoria de município.
A Lei Estadual n.º 830, de 12-06-1962 desmembra do município de Rio do Sul o distrito de Laurentino, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963 o município é constituído de 3 distritos: Rio do Sul, Agronômica e Alto Rio do Sul.
A Lei Estadual n.º 958, de 08-04-1964 desmembra do município de Rio do Sul o distrito de Aurora, elevado à categoria de município.
A Lei Estadual n.º 959, de 08-04-1964 desmembra do município de Rio do Sul o distrito de Agronômica, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979 o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2018.

Fonte

Rio do Sul (SC). Prefeitura. Disponível em: https://riodosul.atende.net/#!/tipo/pagina/valor/24. Acesso em: mar. 2018.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.8.18.20