Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Trem de passageiros da Cia. Paulista, entre Vera Cruz e Garça : tração a óleo diesel : Município de Garça (SP) - 1960
Bebedouro para cavalos : Município de Garça (SP) - 1960
Escola Artezanal de Garça (SP) - 1960
Veja mais fotos

História

Há 40 anos, em julho de 1916, partia de Campos Novos, localidade situada a meio caminho, entre o rio do Peixe e o rio Paranapanema, na altura de Salto Grande, a primeira Bandeira, que iria atravessar a mata virgem e estabelecer-se nestas paragens, dando origem à atual cidade de Garça.
Atingindo as margens do Rio do Peixe, depois de percorrer uma região relativamente fácil de ser transposta em virtude de ali dominarem os campos, a comitiva segue-lhe o curso, rumo às nascentes. Marchavam lentamente curso acima, abrindo a primeira picada quando descobriram um afluente pela margem direita; mudaram então o rumo, seguindo o curso do novo rio, ao qual denominaram mais tarde Ribeirão da Garça. Durante o percurso marginal a comitiva acampou diversas vezes para pousar e para fazer inspeção dos arredores.
Esses estacionamentos efetuaram-se nos lugares seguintes: Barra Cascata, Água do Norte, Água do I.D.C.B.A., Água do Castelo, Olaria Velha, Confluência do Ribeirão de Santo Antônio, e Ribeirão da Garça e, finalmente, na nascente deste último, onde acamparam definitivamente, abrindo a primeira picada na floresta construindo os primeiros ranchos.
A terra era fértil e a floresta densa. As primeiras derrubadas foram feitas pelo Dr. Navarro J. Cintra nas terras que se situam à direita de cabeceira do Ribeirão da Garça. Ali se formou uma fazenda, que em 1920, já estava consideravelmente desenvolvida. Não tardou, portanto, a surgir um povoado em torno da sede da fazenda.
Em 4 de outubro de 1924, com a presença de pessoas locais, o Dr. Labieno da Costa Machado fundava a cidade de Garça então Distrito de Campos Novos. Mas não se deve tão-somente ao Dr. Labieno a fundação da cidade, ela originou-se de dois núcleos distintos: o primeiro do Dr. Labieno, e o segundo do Sr. Carlos Ferrari.
Esses dois núcleos não tiveram igual desenvolvimento, pois o primeiro embora mais antigo cresceu menos que o segundo devido a dois fatores: melhor localização e menor preço dos lotes. Os núcleos eram chamados Labienópolis e Ferrasópolis, e foram as duas colunas fundadoras da cidade.
Assim nasceu Garça que teve a princípio o nome de Incas e depois Italina.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Garça, pela Lei Estadual n.º 2.100, de 29-12-1925, subordinado ao município de Campos Novos Paulista.
Elevado à categoria de município com a denominação de Garça, pela Lei Estadual n.º 2.330, de 27-12-1928, desmembrados dos municípios Campos Novos Paulista e Pirajuí. Constituído do distrito sede. Instalado em 05-05-1929.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Pela Lei n.º 2.645, de 16-01-1936, foram criados os distritos de Santa Cecília e Santo Inácio e anexados ao município de Garça.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído 3 distritos: Garça, Santa Cecília e Santo Inácio.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 14.334, de 30-11-1944, o distrito de Santo Inácio passou a denominar-se Lupércio.
Pela Lei Estadual n.º 233, de 24-12-1948, é desmembrado do município de Garça o distrito de Álvaro de Carvalho. Elevado à categoria de município. A mesma Lei citada cria o distrito de Alvinlândia anexando ao município de Garça.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Garça, Alvinlândia e Lupércio.
Pela Lei Estadual n.º 2.456, de 30-12-1953, é desmembrado do município de Garça o distrito de Lupércio. Elevado à categoria de município. A Lei citada cria o distrito de Java (ex-povoado), anexando ao município de Garça.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Garça, Alvinlândia e Java.
Pela Lei Estadual n.º 5.285, de 18-02-1959, é desmembrado do município de Garça o distrito de Alvinlândia. Elevado á categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Garça e Jafa.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2020.

Fonte

GARÇA (SP). In: Enciclopédia dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1957. v. 28.p. 331-334. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_28.pdf. Acesso em: 06 mar. 2020.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.47