Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Vista parcial da cidade de Lins (SP) - 1957
Máquina de beneficiar café : Lins (SP) - 1957
Horticultura na cidade de Lins : tipo jardinagem (SP) - 1960
Av. 13 de Novembro, destacando-se o Edifício Rubiácea : Município de Lins (SP) - 1960
Fábrica de leques em Lins (SP) - 1960
Fábrica de leques em Lins (SP) - 1960

História

No local, onde tudo era sertão, existia um córrego, que foi denominado 'Douradinho'.
Posteriormente, passou a chamar-se 'Campestre'. De elevado espírito religioso, tratavam desde logo os primitivos moradores de elevar aos céus seus primeiros pensamentos, a invocar proteção para o seu trabalho, surgindo então rústica capela, feita com troncos e folhas de coqueiro, sob a invocação de Santo Antônio. Daí o primeiro nome do Patrimônio: Santo Antônio do Campestre.
Em 16 de fevereiro de 1908 o Presidente da República, Sr. Afonso Pena, acompanhado do Sr. Paulo de Frontin, inspetor das Estradas Federais, visitou a Noroeste, assistindo a inauguração da estação de Miguel Calmon (Avanhandava). Foi-lhes servido um almoço na estação de Monjolo (Presidente Pena, hoje, Cafelândia). E como nesse dia memorável ali se cogitava do problema importante de mudar nomes de estações, mudou-se também o de 'Santo Antônio do Campestre' por Albuquerque Lins, em homenagem ao então governador do Estado, Senhor Manoel Joaquim Albuquerque Lins.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Albuquerque Lins pela Lei Estadual n.º 1.408, de 30-12-1913, subordinado ao município de Bauru.
A Lei Estadual n.º 1.428, de 03-12-1914, transfere o distrito de Lins do município de Bauru para o de Pirajuí.
Elevado à categoria de município com a denominação de Albuquerque Lins pela Lei Estadual n.º 1.708, de 27-12-1919, sendo desmembrado do município de Pirajuí. Sede no atual distrito de Albuquerque Lins. Constituído do distrito sede. Instalado em 21-04-1920.
Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920 o município de Albuquerque Lins é constituído do distrito sede.
Pela Lei Estadual n.º 1.891, de 13-12-1922, é criado o distrito de Guaiçara e anexado ao município de Albuquerque Lins.
Pela Lei Estadual n.º 2.153, de 14-12-1926, é criado o distrito de Getulina e anexado ao município de Lins.
Pela Lei Estadual n.º 2.182-A, de 29-12-1926, o município de Albuquerque Lins tomou a denominação de Lins.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município é constituído de 3 distritos: Lins, Getulina e Guaiçara.
Pelo Decreto n.º 6.556, de 13-07-1934, é criado o distrito de Vila Sabino e anexado ao município de Lins.
O Decreto-lei Estadual n.º 7.028, de 25-03-1935, desmembra do município de Lins o distrito de Getulina, elevado à categoria de município.
Pela Lei de 13-012-1936 é criado o distrito de Monlevade e anexado ao município de Lins.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937 o município é constituído de 5 distritos: Lins, Guaiçara, Guaimbé, Monlevade e Vila Sabino.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 9.775, de 30-11-1938, o distrito de Vila Sabino passou a denominar-se simplesmente Sabino. O mesmo Decreto-lei extingue o distrito de Monlevade, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Lins.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939 a 1943 o município é constituído de 4 distritos: Lins, Guaiçara, Guaimbé e Sabino.
A mudança do topônimo de Vila Sabino para Sabino foi estabelecida pelo Decreto Estadual n.º 11.069, de 04-05-1940, baixado em virtude do Decreto-lei Federal n.º 2.104, de 02-04-1940.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 14.334, de 30-12-1944, o distrito de Guaimbê foi transferido do município de Lins para o de Getulina.
Pela Lei Estadual n.º 233, de 24-12-1948, é criado o distrito de Guapiranga e anexado ao município de Lins.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950 o município é constituído de 4 distritos: Lins, Guaiçara, Guapiranga e Sabino.
A Lei Estadual n.º 2.456, de 30-12-1953, desmembra do município de Lins os distritos de Guaiçara e Sabino, elevando-os à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é constituído de 2 distritos: Lins e Guapiranga. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2015.

Fonte

Lins (SP). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1957. v. 29. p. 77-82. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_29.pdf. Acesso em: jan. 2016.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.18.0