Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Fotos

Não há fotos para este município
Veja mais fotos

História

Quando São José do Rio Prêto tornou-se comarca, desligando-se de Jaboticabal, em 1904, para aí convergiram homens afeiçoados ao trabalho e em busca de novas possibilidades. Muito contribuíram para o desbravamento dessa região os agrimensores Frederico Meyer, Portugal Freixo e Francisco Crespo, que pela localização exata das áreas, identificavam as legítimas propriedades. Por volta de 1908, as primeiras glebas das fazendas Sertão dos Inácios, Bálsamo, Tatu, Campo, e Barra Grande foram adquiridas pelos novos povoadores e entre estes, Joaquim da Costa Penha e Vitor Cândido de Souza, antes dois sertanistas, quando rapazes, haviam se encontrado em Motuca (MG), posteriormente Vila Eloy, terra onde nasceu Joaquim da Costa Penha. Voltaram a se encontrar em Bebedouro e Monte Azul e, por fim, vizinhos nas fazendas Campo e Sertão dos Inácios.
Na junção de suas propriedades, ergueram no dia 8 de setembro de 1910, o cruzeiro, marco perpétuo da fundação de São Pedro da Mata Una (atual Mirassol). Joaquim Neves, então, residente em Monte Azul, relata o seguinte no seu diário: 'Hoje, às doze horas, sigo de viagem para São José do Rio Preto e daquela cidade, com destino ao meu sítio, que é além duas léguas e três quartas mais ou menos; aí vou com pretensões de fundar a florescente e futurosa povoação da Mata Una, sita nos espigões das fazendas Três Barras, Campo, Piedade e Sertão dos Inácios. Hoje,às 8 horas assisti missa na matriz desta vila, mandada celebrar ao Bom Jesus pela Sra. Joaquim Nabuco (em 23-8-1910)'.
No dia 5 de setembro de 1910, após vivas a São Pedro e à Nossa Senhora Aparecida, deu-se início à roçada da densa mata.
Em 1912, por proposta do Capitão Neves, Mata Una passou a chamar-se Mirassol, pois com as derrubadas das matas divisava-se melhor o sol e, também, segundo dizem, por ter sido encontrada nessa ocasião uma moita de girassol.
Como havia espanhóis na região, começaram a substituir gira por mira, originando daí, o nome Mirassol.
Nesse mesmo ano foi rezada a primeira missa, na capelinha erguida· em terras doadas pelos senhores Modesto José Moreira, Vitor Cândido de Souza e Joaquim da Costa Penha.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Mirassol pela Lei Estadual n.º 1.667, de 27-11- 1919, subordinado ao município de Rio Preto.
Nos quadros de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o distrito de Mirassol figura no município de Rio Preto.
Elevado à categoria de município com a denominação de Mirassol, pela Lei Estadual n.º 2.007, de 23-12-1924, desmembrado do município de Rio Preto. Sede no antigo distrito de Mirassol. Constituído do distrito sede. Instalado em 11-03-1925.
Pela Lei Estadual n.º 1.944, de 18-12-1923, é criado o distrito de Nipoan e anexado ao município de Mirassol.
Pela Lei Estadual n.º 2.086, de 18-12-1925, foram criados os distritos de Bálsamo e Barra Dourada e anexados ao município de Mirassol.
Pela Lei Estadual n.º 2.112, de 30-12-1925, é criado o distrito de Iaci e anexado ao município de Mirassol.
Pela Lei Estadual n.º 2.120, de 30-12-1925, é criado o distrito de Rui Barbosa e anexado ao município de Mirassol.
Pela Lei n.º 2.337, de 21-12-1928, é criado o distrito de Colombo e anexado ao município de Mirassol.
Pelo Decreto Estadual n.º 605, de 11-11-1933, o distrito de Colombo tomou o nome de Vila Poloni.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933 o município é constituído de 7 distritos: Mirassol, Barra Dourada, Bálsamo, Iaci, Nipoã, Rui Barbosa, Vila Poloni.
Pela Lei n.º 7.198, de 10-06-1935, é criado o distrito de Mirassolândia e anexado ao município de Mirassol.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o município é constituído de 8 distritos: Mirassol, Bálsamo, Barra Dourada, Iaci, Mirassolândia, Nipoã, Rui Barbosa e Vila Poloni.
Pela Lei Estadual n.º 3.112, de 26-10-1937, é criado o distrito de Neves e anexado ao município de Mirassol. Pela mesma Lei, Mirassol adquiriu do município de Monte Aprazível o distrito de Poloni.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o município é constituído de 8 distritos: Mirassol, Bálsamo, Barra Dourada, Iaci, Mirassolândia, Nipoã, Rui Barbosa e Vila Poloni.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 9.073, de 31-03-1938, o distrito de Nipoã foi transferido do município de Mirassol para o de Monte Aprazível.
No quadro fixado pra vigorar no período de 1939 a 1943, o município é constituído de 7 distritos: Mirassol, Bálsamo, Barra Dourada, Iaci, Mirassolândia, Neves e Rui Barbosa.
O Decreto-lei Estadual n.º 14.334, de 30-11-1944, desmembra do município de Mirassol os distritos de Neves e Barra Dourada, para constituírem o novo município de Iboti. O Decreto-Lei altera a denominação de Iaci para Jaci e, ainda, cria o distrito de Ruilândia com território do extinto distrito de Rui Barbosa, extinto pelo mesmo Decreto-Lei.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950 o município é constituído de 5 distritos: Mirassol, Bálsamo, Jaci, Mirassolândia e Ruilândia.
A Lei n.º 233, de 30-12-1953, desmembra do município de Mirassol o distrito de Bálsamo, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 5 distritos: Mirassol, Jaci, Mirassolândia e Ruilândia.
A Lei Estadual n.º 5.285, de 18-02-1959, desmembra do município de Mirassol os distritos de Mirrassolândia e Jaci, elevando-os à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960 o município é constituído de 2 distritos: Mirassol e Ruilândia. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.

Fonte

Mirassol (SP). In: ENCICLOPÉDIA dos municípios brasileiros. Rio de Janeiro: IBGE, 1957. v. 29. p. 138-141. Disponível em: http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv27295_29.pdf. Acesso em: jan. 2016.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.25