Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Não há fotos para este município

História

TABAPUÃ SÃO PAULO
HISTÓRICO
No fim do século XIX, quando da passagem de Dom Pedro II e suas tropas com destino ao porto do Taboado, formou-se as margens do Rio Limeira um agrupamento de casebres, que recebeu o nome de Rancharia. Mais tarde, esse agrupamento transferiu-se para as margens da Estrada do Taboado, que ligava Jaboticabal ao porto do mesmo nome. Passou, então, o povoado a desenvolver-se, dada a boa qualidade de suas terras, que formavam as glebas Rancharia, São Lourenço do Turvo e São Domingos.
É considerado o fundador do município de Tabapuã o proprietário da gleba Rancharia, João Maurício, o qual fez doação à diocese de São Carlos de 40 alqueires de suas terras, para a formação do patrimônio, onde foi construída a capela de Nossa Senhora dos Remédios.
O povoado de Rancharia foi elevado a distrito de Paz com o nome de Tabapuâ (do Tupi Guarani: Taba=casa; pua=reunião), no município de Monte Alto, pela Lei Estadual Nº 1075, de 22 de agosto de 1907.
GENTÍLICO:TABAPUÃNENSE

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA
Distrito criado com a denominação de Tabapuã, por Lei Estadual no 1075, de 22 de agosto de 1907, Município de Monte Alto.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, figura no Município de Monte Alto o Distrito de Tabapuã, sendo elevado a vila por esta mesma lei.
Elevado à categoria de Município com a denominação de Tabapuã por Lei Estadual no 1662, de 27 de novembro de 1919, desmembrado do Município de Monte Alto. Constituído do Distrito Sede, Tabapuã. Sua instalação verificou-se no dia 07 de março de 1920. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o Município de Tabapuã se compõem de 2 Distritos: Tabapuã e Ibarra.
Em divisões territoriais datadas de 31-12- 1936 e 31-12- 1937, bem como no quadro anexo ao Decreto-lei Estadual nº 9073, de 31 de marco de 1938, o Município de Tabapuã pertence ao termo judiciário de Catanduva, da comarca de Catanduva, e se divide igualmente em 2 Distritos: Tabapuã e Ibarra.
Pelo Decreto Estadual nº 9775, de 30-12-1938, o Município de Tabapuã adquiriu o Distrito de Novais do Município de Catanduva; perdeu o território do extinto Distrito de Ibarra para o novo Distrito de Catiguá, do Município de Catanduva. A mesma Lei que extingüe o Distrito de Ibarra cria o Distrito de Novais.
Em 1939-1943, o Município de Tabapuã é composto dos Distritos de Tabapuã e Novais - e pertence ao termo e comarca de Catanduva.
Em virtude do Decreto-lei Estadual nº 14334, de 30 de novembro de 1944, que fixou o quadro territorial para vigorar em 1945-1948, o Município de Tabapuã ficou composto igualmente dos Distritos de Tabapuã e Novais - comarca de Catanduva. Assim permanecendo nos quadros fixados pelas Leis Estaduais nos 233, de 24-12-1948 e 2456, de 30-12-1953 para vigorar, respectivamente, nos períodos 1949-1953 e 1954-1958. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 01-07-1960. Lei Estadual no 7664, de 30 de dezembro de 1991, desmembra do Município de Tabapuã o Distrito de Novais. Em divisão territorial datada de 01-06-1995, o Município é constituído do Distrito Sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 15-07-1997.

Fonte

IBGE - ENCICLPÉDIA DOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS VOLUME XXX - PAGINA 318
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.19