Aniversários dos Municípios
< Voltar
Selecionar local
Estados
Municípios
Todos
Por estado
Selecione o estado:
  • Acre
  • Alagoas
  • Amapá
  • Amazonas
  • Bahia
  • Ceará
  • Distrito Federal
  • Espírito Santo
  • Goiás
  • Maranhão
  • Mato Grosso
  • Mato Grosso do Sul
  • Minas Gerais
  • Paraná
  • Paraíba
  • Pará
  • Pernambuco
  • Piauí
  • Rio Grande do Norte
  • Rio Grande do Sul
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Roraima
  • Santa Catarina
  • Sergipe
  • São Paulo
  • Tocantins
0 de 5570 municípios

Nenhum município encontrado.

Nenhum município encontrado.

Vista da cidade de Tatuí, tirada da rodovia. A cidade está situada numa encosta (SP) - 1958
Aspecto da praça principal da cidade de Tatuí (Praça Coronel Fernando Prestes) (SP) - 1958
Município de Tatuí : vegetação do cerrado na estrada para Itapetininga (SP) - 1958
Município de Tatuí : superfície regular de 680 metros (SP) - 1958
Asilo São Vicente de Paulo : Tatuí, SP - [19--]
Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição : Tatuí, SP - [19--]

História

Os bandeirantes, indo para o Sul, foram os primeiros a passarem por suas terras, movidos pelo ímpeto desbravador e explorador. Em busca de tesouros, expulsaram os indígenas que mantinham suas tribos no encontro entre os rios Sorocaba e Tatuuvú (hoje bairro da Barreira), local onde havia o cemitério dos primeiros habitantes da região.
A partir da fundação do povoado de Nossa Senhora Del Popolo, em Araçoiaba da Serra, estruturado a partir da implantação da fábrica de ferro, em 1682, foi desmembrado a faixa de terra hoje pertencente à cidade. A gleba foi concedida aos frades do Convento do Carmo de Itu, em 10 de novembro de 1609. Anos mais tarde, os frades se dividiram em dois grupos, um com sede próxima à freguesia de São João do Benfica e outro em um casarão em frente à Estação Sorocabana - unidade que seria mais tarde transferida para a Avenida Salles Gomes.
As terras seriam mais tarde arrendadas a Antonio Xavier de Freitas e Jeronymo Antonio Fiuza, sertanejos que aqui se estabeleceram. Tendo plenos poderes adquiridos por procuração, sobre as terras do Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão, os dois sertanejos transferiram o povoado de São João do Benfica para o local onde hoje é Tatuí.
No princípio do século XIX, com a fundação da Usina de São João de Ipanema, em 1810 – a primeira fábrica de ferro da América Latina - uma ordem régia proibiu o corte de madeira que não fosse exclusivo à atividade – fato que fez aumentar significativamente o número de moradores de Tatuhu, que passaram a se dedicar à agricultura.
Finalmente, em 11 de agosto de 1826 deu-se início à divisão de terras através de Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão. Com a demarcação do rocio, ocorreu então o arruamento da Rua 11 de Agosto.
A origem da palavra Tatuí vem do Tupi-Guarany e significa 'Água do Rio do Tatu'. Passou por diversas grafias diferentes, Tatuuvú, Tatuhú, Tatuhibi, Tatuy, Tatuhy, até chegar à forma atual.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Tatuí, por Alvará de 05-03-1822, no município de Itapetininga.
Elevado à categoria de município com a denominação de Tatuí, pela Lei Provincial n.º 12, de 13-02-1844, desmembrado do município de Itapetininga. Sede no antigo distrito de Tatuí. Constituído do distrito sede. Instalado em 17-08-1844.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Tatuí, pela Lei Provincial n.º 13, de 20-07-1861.
Pela Lei Provincial n.º 12, de 06-02- 1885, é criado o distrito de Bela Vista e anexado ao município de Tatuí.
Pela Lei Estadual n.º 1.137, de 24-10-1908, é criado o distrito de Cesário Lange (ex-localidade Capela de Passa Três) e anexado ao município de Tatuí.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 3 distritos: Tatuí, Bela Vista e Cesário Lange.
Pela Lei Estadual n.º 1.346, de 18-12-1912, é criado o distrito de Quadra e anexado ao município de Tatuí.
Pela Lei Estadual n.º 1.658, de 04-11-1919, o distrito de Bela Vista tomou o nome de Porangaba.
Nos quadros de apuração do recenseamento geral de 1-IX-1920, o município é constituído de 4 distritos: Tatuí, Cesário Lange, Porangaba (ex-Bela Vista) e Quadra.
Pela Lei Estadual n.º 1.896, de 20-11-1922, é criado o distrito de Torres de Pedra e anexado ao município de Tatuí.
Pela Lei Estadual n.º 2.444, de 26-12-1927, é desmembrado do município de Tatuí o distrito de Porangaba. Elevado à categoria de município.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 3 distritos: Tatuí, Cesário Lange e Quadra.
Pelo Decreto-lei n.º 6.530, de 03-07-1934, Tatuí adquiriu o território do extinto município de Guareí, como simples distrito.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1936, o município é constituído de 4 distritos: Tatuí, Cesário Lange, Guareí e Quadra.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 2.695, de 05-11-1936, é desmembrado do município de Tatuí o distrito de Guareí. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1937, o município é constituído de 3 distritos: Tatuí, Cesário Lange e Quadra.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1955.
Pela Lei Estadual n.º 5.285, de 18-02-1959, é desmembrado do município de Tatuí o distrito de Cesário Lange. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Tatuí e Quadra.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1988.
Pela Lei Estadual n.º 8.550, de 30-12-1993, é desmembrado do município de Tatuí o distrito de Quadra. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2009.

Fonte

Tatuí (SP). Prefeitura. 2015. Disponível em: http://tatui.sp.gov.br/sobre-tatui/nossa-historia. Acesso em: jan. 2015.
© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística | v4.3.8.18.15